Em discurso realizado nesta segunda-feira, dia 14, o presidente dos EUA, Donald Trump, voltou a elogiar o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. Após a cordialidade do elogio ao discurso de posse do brasileiro, o americano teceu novos elogios e Bolsonaro e defendeu uma maior proximidade da política comercial dos dois países.

Donald Trump ainda se referiu a Bolsonaro como um "um grande novo líder". "A carne bovina dos EUA está sendo exportada para o Brasil pela primeira vez desde 2003", comemorou Trump em seu discurso.

"Dizem que ele é o Donald Trump da América do Sul. Acreditam? E ele está contente com isto! Se ele não estivesse, não gostaria tanto daquele país, mas eu gosto", disse o presidente americano durante convenção da American Farm Bureau Federation (AFBF), a maior organização agropecuária dos EUA, que ocorre na cidade de Nova Orleans.

Ao longo do discurso, Trump comentou que está buscando uma abertura maior de mercado com países da América do Sul. Além destes, incluindo Argentina e Brasil, o presidente norte-americano igualmente citou a Índia, o Marrocos e o Japão.

Em seu discurso, Trump ressaltou que deseja adotar políticas que coloquem os agricultores norte-americanos em primeiro lugar no mundo, inclusive com presença no mercado chinês.

Diferente de Trump, Maduro chama Bolsonaro de 'Hitler dos tempos modernos'

O aumento da tensão entre a capital venezuelana, Caracas, e a capital brasileira, Brasília, foi nítido durante o discurso do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro. Nesta segunda-feira, dia 14, o chefe de estado venezuelano atacou o presidente Jair Bolsonaro, chamando-o de "Hitler dos tempos modernos", criticando, sobretudo, as políticas neoliberais tomadas pela nova equipe econômica de Jair Bolsonaro, lideradas por Paulo Guedes, atual ministro da Economia.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Jair Bolsonaro

Recentemente, Maduro já havia criticado o presidente Jair Bolsonaro, classificando-o como um fascista. "E aí temos o Brasil nas mãos de um fascista", comentou. Além dos ataques, o atual chefe de estado da Venezuela disse que Bolsonaro seria apenas um fantoche, supostamente se referindo às políticas adotadas por sua equipe econômica não condizerem com seu real pensamento.

Não é a primeira vez que o atual presidente do Brasil é comparado ao antigo ditador alemão Adolf Hitler. Diversos programas e esquetes de humor costumam alinhar Bolsonaro e Hitler devido a supostas medidas sectárias e segregacionistas.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo