Nesta última quinta-feira (08), o deputado federal do Pará, Edmilson Rodrigues, filiado ao PSOL (Partido Socialismo e Liberdade), cedeu uma entrevista à TV Câmara e durante seu pronunciamento citou o presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmando que o mesmo encontra-se perto da morte.

A entrevista do parlamentar girou em torno de uma suposta estratégia traçada pelo atual governo, na qual Hamilton Mourão seria o grande motivo de Bolsonaro ter aceitado se candidatar ao cargo.

Deputado do PSOL afirma que Jair Bolsonaro está perto de morrer

Indagado a respeito de sua opinião quanto à apresentação da reforma da Previdência, bem como do pacote anticrime na Câmara, o representante do PSOL foi bastante direto ao expressar sua opinião.

Sem nem mesmo parar para pensar em uma resposta, o parlamentar declarou que: "Jair Bolsonaro está para morrer".

Publicidade

Aliados do presidente criticaram a declaração dada por Edmilson Rodrigues durante entrevista

Após a entrevista da TV Câmara com o deputado do PSOL, muita gente passou a criticar a postura e as acusações apontadas pelo parlamentar.

Adepto das redes sociais e externando seus sentimentos e suspeitas no que diz respeito a entrevista do colega, o deputado estadual, Delegado Francischini filiado ao PSL (Partido Social Liberal) no Paraná, utilizou seu perfil oficial no Facebook para informar que a executiva nacional de seu partido acionará o Conselho de Ética, para avaliarem o que foi dito publicamente pelo deputado Rodrigues.

Presidente Jair Bolsonaro segue internado em hospital de São Paulo

Jair Messias Bolsonaro, de 63 anos de idade, assumiu como presidente da República Federativa do Brasil no último dia 01 de janeiro.

Ele, que em setembro de 2018 sofreu uma tentativa de assassinato por arma branca enquanto fazia campanha nas ruas de Juiz de Fora, Minas Gerais, foi hospitalizado e desde então passou a ostentar uma bolsa de colostomia.

No final do mês de janeiro. Jair Bolsonaro voltou a ser hospitalizado para finalmente se ver livre da bolsa, porém por conta de algumas complicações envolvendo seu estado de saúde, o presidente precisou de uma atenção ainda mais especial.

Publicidade

Internado há doze dias no Hospital Israelita Albert Einstein, localizado na Zona Oeste da capital paulista, nesta sexta-feira (08), Jair utilizou seu perfil oficial no Twitter para compartilhar uma imagem onde aparece sorrindo e comendo.

Na legenda da publicação, o político revelou que há poucas horas havia voltado a ingerir alimentos.