O presidente Jair Bolsonaro segue internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, após a cirurgia para a retirada da bolsa de colostomia, que foi realizada na última segunda-feira (28).

Nesta sexta-feira (1º), Bolsonaro postou um vídeo em sua conta oficial no Twitter e o momento foi emocionante. O presidente recebeu a visita de uma dupla que canta para os pacientes do Albert Einstein. Marcia e Marco são os nomes dos cantores que conseguiram levar o presidente às lágrimas.

Os dois entraram no local onde Bolsonaro estava e perguntaram qual o ritmo o presidente gosta de ouvir. Ele respondeu que gostava de Música caipira e citou até Tônico e Tinoco. A dupla perguntou se não poderia ser Chitãozinho e Xororó e Bolsonaro disse que sim. Então eles cantaram o sucesso "Evidências", canção composta por Paulo Sérgio Valle e grande sucesso nas vozes de Chitão e Xororó.

A música escolhida pela dupla para cantar para Bolsonaro agradou o presidente.

Durante a apresentação, ele chegou a chorar. No Twitter, ele postou o vídeo que tem pouco mais de dois minutos e agradeceu a dupla.

"Uma simples, mas grande homenagem. Parabéns Marcia e Marco pelo talento e por proporcionar este momento tão especial em minha vida", comentou Bolsonaro.

A postagem do presidente da República no Twitter já teve mais de 35 mil curtidas, quase cinco mil compartilhamentos e quase três mil comentários. O vídeo já ultrapassou a marca de 350 mil visualizações.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro Música

Recuperação

O presidente Jair Bolsonaro deve ficar no hospital até quinta-feira da semana que vem. A cirurgia, que inicialmente estava programada para durar três horas, demorou cerca de sete horas na segunda.

Além de retirar a bolsa de colostomia, foi reconstruído o trânsito intestinal.

Bolsonaro usava a bolsa de colostomia desde que foi esfaqueado por Adélio Bispo de Oliveira, no dia 6 de setembro, na cidade de Juiz de Fora, em Minas Gerais, durante ato de campanha presidencial.

Ao lado do quarto onde Bolsonaro está internado, a equipe do Governo Federal montou uma sala com infraestrutura para o presidente despachar.

Nesta sexta-feira, por exemplo, ele participou de uma reunião por videoconferência com o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, general Heleno.

O Governo Federal, sob o comando de Jair Bolsonaro, acabou de completar o primeiro mês.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo