O presidente Jair Bolsonaro segue internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, após a cirurgia para a retirada da bolsa de colostomia, que foi realizada na última segunda-feira (28).

Nesta sexta-feira (1º), Bolsonaro postou um vídeo em sua conta oficial no Twitter e o momento foi emocionante. O presidente recebeu a visita de uma dupla que canta para os pacientes do Albert Einstein. Marcia e Marco são os nomes dos cantores que conseguiram levar o presidente às lágrimas.

Publicidade
Publicidade

Os dois entraram no local onde Bolsonaro estava e perguntaram qual o ritmo o presidente gosta de ouvir. Ele respondeu que gostava de Música caipira e citou até Tônico e Tinoco. A dupla perguntou se não poderia ser Chitãozinho e Xororó e Bolsonaro disse que sim. Então eles cantaram o sucesso "Evidências", canção composta por Paulo Sérgio Valle e grande sucesso nas vozes de Chitão e Xororó.

A música escolhida pela dupla para cantar para Bolsonaro agradou o presidente.

Durante a apresentação, ele chegou a chorar. No Twitter, ele postou o vídeo que tem pouco mais de dois minutos e agradeceu a dupla.

"Uma simples, mas grande homenagem. Parabéns Marcia e Marco pelo talento e por proporcionar este momento tão especial em minha vida", comentou Bolsonaro.

A postagem do presidente da República no Twitter já teve mais de 35 mil curtidas, quase cinco mil compartilhamentos e quase três mil comentários. O vídeo já ultrapassou a marca de 350 mil visualizações.

Publicidade

Recuperação

O presidente Jair Bolsonaro deve ficar no hospital até quinta-feira da semana que vem. A cirurgia, que inicialmente estava programada para durar três horas, demorou cerca de sete horas na segunda. Além de retirar a bolsa de colostomia, foi reconstruído o trânsito intestinal.

Bolsonaro usava a bolsa de colostomia desde que foi esfaqueado por Adélio Bispo de Oliveira, no dia 6 de setembro, na cidade de Juiz de Fora, em Minas Gerais, durante ato de campanha presidencial.

Ao lado do quarto onde Bolsonaro está internado, a equipe do Governo Federal montou uma sala com infraestrutura para o presidente despachar.

Publicidade

Nesta sexta-feira, por exemplo, ele participou de uma reunião por videoconferência com o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, general Heleno.

O Governo Federal, sob o comando de Jair Bolsonaro, acabou de completar o primeiro mês.

Leia tudo