A deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) concedeu uma entrevista ao programa "Em Foco", da GloboNews, e declarou que a articulação política é de responsabilidade do "Governo todo". Ela também defendeu declarações do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, de que o governo precisa manter mais aproximação com o Congresso, melhorando o contato com os parlamentares. Seria a melhor forma de ter êxito nas propostas defendidas pelo governo. Além do mais, segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo, a deputada está sendo apontada para assumir o cargo do general Santos Cruz na Secretaria de Governo.

Atualmente, a deputada é a líder do PSL no Congresso. Ela enfatizou que se tornou injusto atribuir toda a responsabilidade no processo de articulação do governo ao ministro Onyx. Em alerta, Hasselmann diz que há todo um governo que pode se prontificar para fazer a articulação na Câmara dos Deputados e no Senado Federal.

Conforme informações da jornalista Sonia Racy, Joice Hasselmann é um nome em evidência para assumir a secretaria de Governo, no lugar do general Santos Cruz. A informação chegou após críticas do escritor Olavo de Carvalho ao general. Contudo, Santos Cruz seria transferido para assumir a Secretaria-Geral da Presidência.

Joice é elogiada nos bastidores

A deputada está sendo elogiada nos bastidores do governo.

Joice Hasselmann chegou a ser questionada do por que não ser escolhida para assumir algum ministério. Em resposta, ela enfatizou que o presidente é quem deve decidir sobre isso.

Então, ao ser perguntada se gostaria de ser ministra, a deputada disse que ela é a ministra da "pacificação nacional". Joice ainda disse que é um "ótimo ministério", pois ninguém vem até ela pedir cargo.

A entrevista também levantou a hipótese da líder assumir o cargo de Onyx Lorenzoni. Entretanto, a deputada disse que isso não iria ocorrer pelo fato do ministro ser um dos homens mais leais ao presidente Jair Bolsonaro.

Joice ainda detalhou que Onyx fez tudo o que esteve ao seu alcance e que não poderia transferir ao ministro uma responsabilidade que nem é dele.

Ela disse que Onyx, na ocasião em que foi viajar para a Antártica, pediu para que Joice assumisse seu gabinete e recebesse os coordenadores de bancada.

Contudo, a deputada disse que nem ao menos sentou na cadeira de Onyx por respeito e também não deixou que ninguém sentasse. Para finalizar, ela declarou que muito respeita o ministro e sempre manterá este respeito.

Siga a página Política
Seguir
Siga a página Cinema
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!