Michelle Bolsonaro, que atualmente ocupa a posição de primeira-dama da República Federativa do Brasil, realizou algumas visitas a portadores de doenças consideradas raras, que residem em Campina Grande, no estado da Paraíba, e são assistidos por programas sociais.

Acompanhada do Ministro da Cidadania, Osmar Terra, da secretária municipal de assistência social, Eva Gouveia da Semas, do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, e também da primeira-dama da cidade, Micheline Rodrigues, Michelle Bolsonaro ficou emocionada durante os encontros guiados pelo prefeito.

Visita aos assistidos por projeto do Governo

Na manhã desta última terça-feira (02), a primeira-dama Michelle Bolsonaro visitou o pequeno Daniel, de apenas dois anos de idade, que está entre os assistidos do projeto 'Criança Feliz', vinculado ao Governo Federal.

Ainda durante sua passagem por Campina Grande, a esposa do presidente Jair Bolsonaro se encontrou com o jovem Leryston Matheus, de 21 anos, que atende pelo apelido de Leleu Guerreiro.

Michelle não contém as emoções

No início da tarde de ontem (02), Michelle visitou o jovem Leleu e não conteve as lágrimas ao receber um abraço do rapaz de 21 anos, que sofre de uma doença rara, conhecida na medicina como epidermose bolhosa, que ainda não tem cura e é caracterizada por uma sensibilidade na pele e na mucosa, formando bolhas ao longo do corpo.

Passando cerca de meia hora na companhia do rapaz e conversando com a respeito da assistência recebida pelos profissionais e envolvidos no programa, Michelle recebeu diversos elogios sobre a qualidade nos atendimentos da ação social e, ao lado de outros governantes, comprometeu-se a reforçar o empenho do Governo Federal em ampliar a quantidade de atendimentos do projeto social.

Aparentemente bastante satisfeito em ter conhecido a primeira-dama, Leryston Matheys utilizou seu perfil no Instagram para agradecer a visita de Michelle, e publicou uma foto ao lado com ela.

Primeira-dama retornou para Brasília

Depois de conhecer de perto como funciona o projeto governamental que assiste um grupo de pessoas simples diagnosticadas com algumas doenças raras, a primeira-dama retornou para Brasilia na companhia de sua comitiva.

Enquanto a primeira-dama se dedicava aos projeto sociais, o presidente da República, Jair Bolsonaro encerrava sua visita internacional a Israel.