Na noite da última terça-feira (10), a deputada federal Chris Tonietto (PSL-RJ) divulgou que havia feito um pedido de requerimento com o número 3196/2019 à Câmara, para que fosse feita uma nota de repúdio de forma oficial em relação ao serviço de streaming de vídeo Netflix.

Isso tudo devido ao fato de que o serviço disponibilizou recentemente um especial de Natal chamado “A Primeira Tentação de Cristo”, que foi produzido pelo grupo humorístico Porta dos Fundos. Desde que foi ao ar, o especial está sendo vítima de vários comentários e envolvido em polêmicas, sendo bastante criticado.

No pedido, a deputada ressalta que o pedido está sendo feito para que seja repudiado o especial disponibilizado pela plataforma de forma oficial, pois contém um conteúdo humilhante para a fé cristã, como foi explicado pela deputada em seu pedido.

O especial de Natal do 'Porta dos Fundos' na Netflix

O pedido em relação ao especial “A Primeira Tentação de Cristo” vem após várias polêmicas envolvendo o especial no qual Jesus (Gregório Duvivier) está próximo de completar 30 anos, e logo quando ele volta do deserto, acompanhado de seu namorado Orlando (Fabio Porchat), ele é surpreendido ao ganhar uma festa surpresa de aniversário.

Além do pedido feito pela deputada já estar disponibilizado, uma petição também que foi criada no site Change.org, no qual é pedido para que o filme seja impedido de continuar no serviço de streaming, pois o especial é ofensivo, e agride diretamente os cristãos com seu conteúdo. Até o momento a petição já conta com mais 430 mil assinaturas, e a meta dos criadores da petição é que ela atinja pelo menos 500 mil assinaturas.

Os envolvidos com o projeto, como o ator Gregório Duvivier, foram questionados da polêmica que o especial vem causando. Gregório falou ao jornal Extra e foi questionado se havia visto a petição que foi criada contra o especial, e o ator confirmou ter visto, mas ficou decepcionado com o número de pessoas que havia assinado, e disse que acredita que com isso eles podem ter feito algo errado, e que, na próxima vez, promete que pegará mais pesado.

Além disso, o ator ressaltou para o fato de que o canal do “Porta dos Fundos” conta com quase 20 milhões de inscritos, enquanto a petição com somente 300 mil assinaturas, e isso é um verdadeiro fracasso.

Para ele o número ao menos serve como medidor de audiência, visto que pelo menos 300 mil pessoas já assistiram. Ao final de sua declaração, o ator, que é engajado na política, fez questão de ressaltar que o número de pessoas que assinaram a petição agora é maior do que a base de apoio do presidente Jair Bolsonaro.

Siga a página Governo
Seguir
Siga a página Seriados
Seguir
Siga a página Tecnologia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!