Novamente a ativista sueca Greta Thunberg mudou o seu perfil no Twitter após receber uma declaração do presidente norte-americano, Donald Trump.

A situação aconteceu nesta última quinta-feira (12), após Trump usar a rede social para poder endereçar uma mensagem para a adolescente. No tuíte, o presidente americano alegava que Greta possuía um problema com o seu controle de raiva e sugeriu que a ativista assistisse a um bom filme antigo ao lado de um amigo para relaxar.

Na nova biografia da ativista, ela respondeu à declaração de Trump se descrevendo como uma adolescente que está procurando trabalhar mais seu problema com controle de raiva, e que, no momento, estava assistindo um bom filme antigo junto com uma amiga.

Greta rebate Trump e Bolsonaro

No entanto, esta não é a primeira vez que a adolescente usa sua rede social para responder comentários de chefes de estado. Nesta semana ela também respondeu o presidente brasileiro Jair Bolsonaro, quando optou por mudar a biografia de sua página para “Pirralha”, em resposta a uma fala que foi feita pelo presidente direcionada à ativista.

Na quarta-feira (11), Greta, de 16 anos, foi declarada como “Personalidade do Ano” pela revista Time. Isso tudo em resposta ao trabalho que a jovem vem fazendo, e também se tornado uma inspiração para milhões de jovens, por lutar por contra as decisões de grandes corporações que afetam o clima na Terra.

A jovem, no entanto, ao ganhar essa classificação como personalidade do ano, passou a ser a pessoa mais jovem a ter conquistado este tipo de reconhecimento.

Resposta a Trump

Na mensagem deixada pelo chefe de estado norte-americano, ele ressaltava que ela precisava agora trabalhar em seu controle de raiva e também assistir um filme com um amigo, além de pedir calma para a jovem ativista.

A mensagem foi enviada pelo presidente americano devido a outro comentário onde a jovem era parabenizada.

Em se tratando da jovem ativista, esta não foi a primeira vez que Trump agiu de forma hostil com ela em algum comentário a respeito da jovem.

Em setembro deste ano, Trump havia compartilhado em sua página do Twitter um vídeo onde Greta aparece discursando em uma cúpula do clima da ONU.

Na fala da adolescente, ela aparece denunciando os líderes do mundo todo por não terem agido contra as mudanças climáticas. A publicação foi compartilhada pelo presidente americano que, na ocasião, agiu de forma sarcástica, e declarou que Greta parecia uma jovem feliz e que estava ansiosa pelo seu futuro brilhando.

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Governo
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!