Na última quinta-feira (12), de acordo com informações do G1, foi confirmado que a esposa de Justin Trudeau, o primeiro-ministro canadense, recebeu um diagnóstico de Covid-19, doença respiratória causada pelo coronavírus.

Sophie Grégoire, a esposa de Trudeau, foi diagnosticada ainda durante o período da noite. Assim, um pouco antes que a confirmação saísse, ela e o primeiro-ministro optaram por se isolar, visto que Sophie já vinha manifestando alguns sintomas e já havia sido testada para o coronavírus.

Os dois optaram pelo isolamento antes mesmo de receber os resultados do exame.

Por meio de um comunicado, Sophie Grégoire afirmou que está manifestando os sintomas do vírus, que foram descritos por ela como desagradáveis. Entretanto, ela afirma que vai se recuperar rapidamente.

Posteriormente, ela afirmou que vai permanecer em casa e fará quarentena, além de destacar que isso não é nada perto do que outras famílias do Canadá devem estar passando devido à disseminação do coronavírus no país. Ela ainda ressaltou que existem pessoas que passam por problemas de Saúde mais graves do que o Covid-19.

Dirigindo-se a essas pessoas, Sophie ainda destacou que estava enviando a toda a população do Canadá coragem e os seus pensamentos mais calorosos, além de “abraços à distância”. Essa brincadeira encerrou o comunicado emitido pela esposa de Trudeau.

É válido destacar que Sophie Grégoire precisou comparecer a um compromisso no Reino Unido antes de manifestar os primeiros sintomas. Ao retornar, ainda na última quarta-feira (11), ela não manifestou de imediato outros sintomas além de uma febre baixa.

Primeiro-ministro conservará suas atividades

Por meio de um segundo comunicado, divulgado um pouco antes do de Sophie Grégoire, foi informado que os médicos responsáveis por Justin Trudeau afirmaram que ele deveria continuar exercendo as suas atividades cotidianas normalmente enquanto passa por monitoramento. Isso se deve ao fato de que o primeiro-ministro do Canadá ainda não manifestou sintomas da doença.

Entretanto, o comunicado esclareceu que todas as medidas serão tomadas para manter a cautela em relação a isso. Portanto, Justin Trudeau trabalhará de sua casa até que ele receba os resultados dos exames.

De acordo com informações fornecidas pelo G1, o primeiro-ministro passou o restante do dia fazendo telefonemas e se encontrando virtualmente com pessoas. Uma reunião presencial, que contaria com todos os governadores de estados do Canadá, foi cancelada.

É válido destacar que Jagmeet Singh, líder da oposição no país, também está trabalhando de sua casa. Ele esteve em contato com um médico e acredita que não está infectado, mas recebeu aconselhamento para limitar o seu contato com outras pessoas até que comece a se sentir melhor dos sintomas que vem manifestando.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Saúde
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!