No final desta quinta-feira (16), cerca de 9 milhões de brasileiros tiveram a informação de que o auxílio emergencial no valor de R$ 600 havia sido aprovado pelo Governo federal. A partir disso, muitas pessoas começaram a ter o valor recebido em suas respectivas contas de banco.

Pedro Guimarães, atual presidente da Caixa Econômica Federal foi à público para dizer que, dentre os 9 milhões de brasileiros, 3,5 milhões de cidadãos já foram contemplados com a quantia; 1,5 milhão poderão receber o benefício até sábado (18) e outros 4,2 milhões que não tinham contas nos bancos terão o depósito até a próxima segunda-feira (20).

No entanto, como cada pessoa poderá movimentar o dinheiro dependerá do tipo de conta de cada um. Aqueles que são clientes do Banco do Brasil ou possuem conta na Caixa Econômica Federal e informou no aplicativo ou site oficial da Caixa receberão a quantia depositada, não podendo movimentar o dinheiro da forma que desejar.

Para a parte da população que não possui conta em tais bancos, foi criado uma conta digital na Caixa Econômica Federal. Diante disso, o saque em dinheiro poderá ser realizado a partir do dia 27, respeitando um calendário de acordo com o mês de nascimento de cada beneficiário. É possível realizar a transferência do auxílio emergencial através do aplicativo criado pelo governo denominado “Caixa Tem”.

Como será o auxílio emergencial pela conta digital

Abaixo está o calendário de saque em espécie da poupança digital, que poderá ser realizado nas agências e nas lotéricas:

  • Nascidos nos meses de janeiro e fevereiro – 27 de abril
  • Nascidos nos meses de março e abril – 28 de abril
  • Nascidos nos meses de maio e junho – 29 de abril
  • Nascidos nos meses de julho e agosto – 30 de abril
  • Nascidos nos meses de setembro e outubro – 04 de maio
  • Nascidos nos meses de novembro e dezembro – 05 de maio

45,2 milhões de pessoas foram aprovadas

A Detaprev informou recentemente que, até o momento, 45,2 milhões de brasileiros foram habilitados para receber o auxílio emergencial do governo no valor de R$ 600.

Dentre aqueles que estão aptos para receber a quantia, estão os trabalhadores autônomos e informais, microempreendedores individuais (MEI), contribuintes individuais do INSS e também os que estão cadastrados no Cadastro Único e Bolsa Família.

No momento, o total de 37,8 milhões de CPFs já tiveram sua homologação pelo Ministério da Cidadania, estando em pagamento pela Caixa.

Aqueles demais também receberão o auxílio emergencial concedido pelo governo após ter sua homologação realizada pelo ministério.

O número em questão representa 83,7% do que foi estimado inicialmente, de 54 milhões, para poder receber o auxílio durante o isolamento social contra a pandemia do novo coronavírus.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Política
Seguir
Siga a página Educação
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!