Nessa quinta-feira (9) terá início o pagamento dos benefícios de auxílio emergencial de R$ 600 para os trabalhadores autônomos que não possuem carteira assinada.

A informação faz parte do calendário disponibilizado pelo Governo federal e as primeiras pessoas a receberem serão aquelas que possuem contas do Banco do Brasil ou da Caixa Econômica Federal, segundo o divulgado pelo Ministério da Cidadania.

Mostra-se válido afirmar que as pessoas que já estão aptas a receber essa renda, conhecida pelo apelido de coronavoucher, devem receber entre os dias 9 e 14 de abril.

O benefício será pago em três parcelas, que devem ser depositadas de acordo com o mês de nascimento do solicitante, conforme o divulgado anteriormente.

O dinheiro será depositado diretamente na conta dos trabalhadores que forem aprovados para receber o benefício. Assim, não se faz necessário ir até agências bancárias e formar filas nas lotéricas para conseguir sacar os R$ 600 referentes ao benefício.

De acordo com Onyx Lorenzoni, o atual ministro da Cidadania, mais de 25 milhões de pessoas chegaram a se cadastrar no aplicativo e no site disponibilizados para aqueles que se enquadram nos critérios necessários para receber o auxílio emergencial.

Apesar do alto número de pessoas, Lorenzoni assegurou que o benefício será pago de forma organizada e com transparência por parte do governo.

Além disso, o ministro também ressaltou a segurança durante o pagamento.

Como o dinheiro será pago a quem solicitou o benefício

De acordo com informações do UOL Economia, ainda no ato da inscrição, o beneficiário deve escolher como receberá o dinheiro em questão, se em uma conta já existente de qualquer banco ou se deseja abrir automaticamente uma poupança na Caixa Econômica Federal para esse fim.

Quem optar pela abertura da poupança digital social, a conta citada anteriormente, deve realizar a abertura em nome do beneficiário sem que seja necessário realizar a apresentação de documentos.

Segundo a própria lei de criação do auxílio emergencial, está proibido que os bancos cobrem tarifas relativas à poupança social digital e está previsto que pelo menos uma transferência gratuita possa ser realizada para outra conta a partir dela.

Entretanto, se mostra válido ressaltar que esse tipo de conta não dá direito a um cartão físico ou mesmo a um talão de cheque.

Caso você ainda não tenha efetuado a sua solicitação para receber o auxílio em questão, será necessário fazer a inscrição nos canais indicados pelo governo federal, que são o site da Caixa Econômica Federal ou o aplicativo Caixa Auxílio Emergencial, que está disponível para aparelhos smartphone com os sistemas operacionais Android e iOS.

Siga a página Política
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!