Após ter sido citado em um vídeo, de forma nominal, pelo escritor Olavo de Carvalho, onde ele alega que poderia derrubar o governo de Jair Bolsonaro, o empresário Luciano Hang, dono da Havan, iniciou uma vaquinha que contará com a ajuda de empresários.

O objetivo da vaquinha é recolher ao menos R$ 2,8 milhões para ajudar a saldar as dívidas do escritor, o guru dos bolsonaristas, na Justiça. A dívida é referente ao processo perdido pelo mesmo, movido pelo cantor Caetano Veloso. O guru dos bolsonaristas, que reclamou no vídeo estar isolado e nunca ter recebido o apoio do presidente, disse que não tem como pagar o valor que está sendo pedido.

Hang estaria fazendo vaquinha para Olavo

De acordo com uma fonte do Palácio do Planalto, citada pelo colunista Vicente Nunes, do jornal Correio Braziliense, Hang teve uma conversa com Bolsonaro a respeito do vídeo que foi feito por Olavo de Carvalho, onde ele aparece criticando e agredindo o presidente com o uso de palavrões para falar a seu respeito.

A conclusão que o empresário e o presidente chegaram a respeito do assunto, segundo Nunes, é que é preciso agora ajudar de forma financeira o escritor, para que o mesmo "sossegue" diante das acusações e revoltas contidas no vídeo em questão.

Tanto Bolsonaro quanto Hang teriam se mostrado muito surpresos com a agressividade apresentada por Carvalho no vídeo em questão.

Isso por que o escritor é idolatrado pelos filhos do presidente, principalmente Carlos e Eduardo.

A desculpa que foi encontrada pelo empresário agora para levantar o dinheiro, que seria usado como uma espécie de "cala a boca" para o escritor, é de que o mesmo continue ainda trabalhando pelo Brasil da forma como vem fazendo, supostamente.

No entanto, por trás da ação em questão, consta um temor de que o guru agora desarticule a base de apoio do presidente nas redes sociais, e que isso venha a prejudicar o governo. Olavo Carvalho é responsável por movimentar através das redes sociais o grupo mais ideológico de apoio ao presidente Bolsonaro.

De acordo com o que os assessores de Bolsonaro entendem a situação em questão, é apontado que não é confortável que o guru se torne um adversário do presidente neste momento. Por isso, qualquer esforço por ele neste momento, que faça com que ele se acalme diante da situação toda, é algo que será feito e muito bem-vindo.

Agora resta saber se os empresários estarão dispostos a entrar na vaquinha que está sendo feita por Hang para ajudar Carvalho com seus problemas com a Justiça.

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!