Maria Aparecida Firmo Ferreira, de 80 anos, está internada no Hospital Regional de Santa Maria (HRSM), no Distrito Federal, desde o dia 1° de junho em virtude do novo coronavírus. A senhora é avó da primeira-dama Michelle Bolsonaro.

Confirmação do caso

Na quinta-feira (2), a avó de Michelle, esposa do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), foi atendida com suspeita de contaminação por coronavírus. Maria foi internada em um box do pronto-socorro do hospital Santa Maria, enquanto aguardava uma vaga na UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

De acordo com informações do jornal Metrópoles, Maria teve o diagnóstico de contaminação pelo novo coronavírus confirmado nesta última sexta-feira (3) e apresentou um comprometimento de 78% no funcionamento dos pulmões.

Ainda de acordo com o jornal, além de fazer parte do grupo de risco pela idade, a avó de Michelle também apresenta comorbidades, incluindo hipotiroidismo e problemas cardiovasculares.

Distrito Federal

Segundo informações das autoridades de Saúde, o Distrito Federal chegou ao pico de contaminação de coronavírus durante o fim de semana.

Nos casos registrados no Centro-Oeste do país, praticamente metade dos números são contabilizados no Distrito Federal.

Apesar do aumento de casos chegando ao pico da doença, o governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB), manteve a posição de reabrir o comércio. A partir desta segunda-feira (6), estabelecimentos como salões de beleza, academias e barbearias podem funcionar de acordo com o horário previsto em seus alvarás.

De acordo com a programação do governo de Ibaneis, na próxima semana serão autorizadas a reabertura de bares e restaurantes, e entre o fim de julho e início de agosto ocorrerá a volta escolar. Instituições públicas e privadas permanecem com o projeto de reabertura no mesmo período.

A estimativa da subsecretaria de Vigilância à Saúde do Distrito Federal para os próximos dias é de que a marca diária de contaminações pelo novo coronavírus alcance de 1.300 há 1.400 novos casos.

Os primeiros casos apresentados no Distrito Federal ocorreram após uma viagem do presidente Jair Bolsonaro aos Estados Unidos. Na ocasião, 20 participantes da comitiva presidencial, incluindo membros do alto escalão e ministros, testaram positivo para o novo coronavírus.

Quase quatro meses após o início da pandemia de Covid-19, o Brasil registra 1.603.055 casos confirmados da doença e 64.867 mortes.

De acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde), os números atuais tornam o Brasil um dos epicentros da pandemia no mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, governado por Donald Trump.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Saúde
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!