O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), testou positivo para o novo coronavírus. A informação, que foi divulgada em primeira mão pelo canal CNN Brasil, foi confirmada pela assessoria de imprensa do deputado na tarde de quarta-feira (16).

Em nota oficial, a assessoria de Maia afirma que o parlamentar apresentou “sintomas brandos da doença” e segue em tratamento na residência oficial da presidência da Câmara dos Deputados. E mais, a nota também ressalta que o político “seguirá em isolamento”, respeitando assim todas as recomendações médicas feitas para este período. Na manhã da quarta-feira (16), Maia tinha compromisso marcado com parlamentares, no entanto, cancelou-o, sem revelar um motivo.

Diante do momento atual, o Congresso segue trabalhando de forma remota, porém, constantemente Maia comparecia em sessões dentro da Câmara, local que também vêm recebendo outros líderes. Ao confirmar o diagnóstico do presidente da Câmara, sua assessoria não revelou se ele terá que se manter afastado de suas atividades profissionais.

Maia compareceu à posse de Fux

Com o diagnóstico de Maia, o presidente da Câmara passa a integrar o grupo de políticos que diagnosticaram positivo para Covid-19 após terem comparecido ao evento de posse do ministro Luiz Fux na presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) no último dia 10 de setembro. Após o evento, Fux e Maria Peduzzi, presidente do TST, também já haviam testado positivo para doença.

Peduzzi, inclusive, chegou a ser internada após ter apresentado sintomas do novo coronavírus.

Além deles, de acordo com informações divulgadas pelo blog Bela Megale, do jornal O Globo, dois ministros do STJ, Antonio Saldinha Palheiro e Luiz Felipe Salomão, também testaram positivo para Covid-19. Todos eles marcaram presença no evento de posse de Fux.

Luiz Fux testa positivo para Covid-19

Na segunda-feira (14), a assessoria de imprensa do novo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, divulgou que o ministro testou positivo para a doença. Segundo a assessoria de Fux, ele passa bem e seguirá em isolamento pelo período de 10 dias. Ainda de acordo com a nota oficial divulgada pela assessoria, o ministro procurou atendimento médico no Rio de Janeiro, na segunda-feira (14), após apresentar febre.

Cerimônia de posse

A solenidade de posse do STF deste ano aconteceu de forma restrita por causa da pandemia. No evento, só compareceram familiares próximos a Fux e as autoridades. Além disso, no intuito de evitar a propagação do vírus no evento, foi obrigatório o uso de máscara de proteção e, inclusive, foi medido a temperaturas de todos os presentes no local. E mais, ainda por causa da pandemia, também foram instaladas placas de acrílico transparente nas bancadas dos ministros e na mesa de honra.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Governo
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!