Nessa ultima quinta-feira (15), o presidente da Republica, Jair Bolsonaro (sem partido), disse que a operação da Polícia Federal que fez o flagrante de dinheiro levado na cueca do senador e vice-líder do governo Chico Rodrigues (DEM-RR) não tem nada a ver com seu Governo.

Segundo Bolsonaro, esse flagrante é uma prova que no seu governo não tem nenhuma proteção e essa operação é um motivo de orgulho para o seu governo. "A operação de ontem é fator de orgulho para o meu governo", salientou o presidente.

O presidente ainda disse aos apoiadores no Palácio da Alvorada, que lamenta o desvio de recursos, pois seria bom que não tivesse esse tipo de prática, isso porque, quando pessoas fazem esse tipo de coisa está tirando diretamente da saúde e inocentes podem morrer.

Ainda, Bolsonaro reduziu seu governo aos ministros, aos presidentes das várias estatais e também dos bancos públicos e, no mais, nos seus quase dois anos de governo, não houve nenhum caso de corrupção. Contudo, Bolsonaro não mencionou se vai ou não tirar Rodrigues do cargo de vice-líder do governo.

Bolsonaro continuou dizendo que toda a corrupção que acontece tem a ver com o governo e, segundo ele, não tem nada a ver. O governo destina dezenas de bilhões de reais para os estados e para os municípios, há ainda as muitas emendas parlamentares e, às vezes, não tão raro, faz um desvio desse recurso. Segundo o chefe do executivo, a Controladora-Geral da União (CGU) vai monitorar tudo junto a PF.

E Bolsonaro concluiu, por fim, que se um vereador faz algo de errado, ele não tem nada a ver com isso.

Logo, se corrigiu dizendo, que tem sim e vai “para cima dele” com a PF se assim for o caso, também com o apoio da CGU e é isso que o governo faz.

Dinheiro nas nádegas

Na última quarta-feira (14), a Polícia Federal encontrou mais de R$ 30 mil que estavam escondidos na cueca do vice-líder do governo Bolsonaro no Senado Federal, Chico Rodrigues (DEM-RR).

Segundo a revista digital Crusoé, parte desse dinheiro estava entre as nádegas do senador.

Esse dinheiro foi achado graças à operação Desvid-19, que investiga esquemas de desvio de dinheiro vindo de verba publica e que é destinada a combater a pandemia dA Covid-19 no estado de Roraima. Essa operação cumpriu 7 mandados e algumas apreensões no município de Boa Vista (RR).

Além do dinheiro na cueca do senador, ainda a PolÍcia Federal encontrou cerca de R$ 40 mil na casa dele, uma parte em moeda estrangeira. O senador foi alvo da operação que está apurando um desvio de R$ 20 milhões de emendas que são destinadas à Secretaria de Saúde do Estado de Roraima para o combater à pandemia.

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Política
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!