A cantora católica Karen Keldani é suspeita de ter agredido a própria mãe, Nely Keldani, de 66 anos. A agressão aconteceu, segundo investigações preliminares, por causa de uma discussão que envolvia dinheiro.

A agressão foi registrada pelas câmeras de segurança do prédio em Copacabana, zona sul do Rio de Janeiro, onde mora a sexagenária. Karen aparece no vídeo empurrando a mãe contra uma pilastra.

A senhora ficou muito ferida com a agressão cometida pela própria filha. A mulher foi socorrida peloc filho, Fábio Keldani, que a levou para a clínica São José, onde foi constatado que Nely sofreu um traumatismo craniano, além de sangramento interno.

Fábio foi entrevistado pela jornalista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, e afirmou que sua irmã "quase matou" Nely.

Fábio explicou que ele e a irmã têm uma tia-avó, Lody, que mora com ele e Nely há quase cinco anos. Segundo Fábio, a mãe confiava na filha para cuidar do dinheiro de Lody.

Briga teria sido motivada por dinheiro

A mãe de Fábio e Karen começou a dizer que Lody, que recebe uma aposentadoria do Ministério da Fazenda, estava ficando cada vez mais sem dinheiro, enquanto a vida de Karen, segundo Fábio, estava prosperando cada vez mais.

Fábio afirma que Karen começou a fazer operações plásticas e a financiar os próprios shows. Segundo ele, um dia a mãe pediu para ver as contas de Lody. Karen então teria ficado muito nervosa e falado que não iria mostrar nada, que não era obrigada a isso e que se a família quisesse a obrigar a prestar contas das finanças da tia, teriam que ir à Justiça.

Foi nesta ocasião que Nely Keldani achou estranho o comportamento da filha e pediu para que Fábio procurasse um advogado para pedir a tutela da tia.

Depois que Fábio e Nely ganharam a tutela da idosa, eles teriam descoberto que Karen estava desviando o dinheiro da tia-avó.

Fábio relatou que, em um período, Karen chegou a ter R$ 30 mil que desviou da familiar em um único mês.

Depois de agredir a mãe, Karen não prestou socorro, disse Fábio em um relato detalhado sobre a suposta agressão cometida pela irmã contra a mãe deles.

Fábio Keldani contou que a irmã foi ao prédio em que ele mora com a mãe e chamou Nely para descer para o saguão. Quando Nely encontrou com a filha, esta tomou o celular da mãe para descobrir as informações sigilosas do processo.

Nely pediu, então, que a filha lhe devolvesse o celular. Com a recusa de Karen, ela tenta pegar de volta o aparelho.

Foi então que Karen empurrou a mãe contra uma pilastra de mármore e depois saiu correndo. Fábio então desceu e socorreu a mãe, que estava caída, e a levou para a clínica.

Karen negou todas as acusações de que estaria desviando dinheiro da parente.

Segundo informações, Karen seria namorada da também cantora Joanna. As duas, no entanto, negam que são um casal.

Siga a página Polícia
Seguir
Siga a página Música
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!