Uma das estreias da Netflix no mês de setembro é a séria "Away". A produção de dez episódios é uma criação de Andrew Hinderaker e tem como grande atrativo a presença da talentosa Hilary Swank, atriz ganhadora de dois Oscars. Hilary já havia atuado em um filme da gigante do streaming em 2019 intitulado "I am Mother", coincidentemente também uma obra de ficção científica.

Elenco

O elenco de "Away"é formado por alguns rostos conhecidos do público que acompanha séries. Josh Charles ficou bem conhecido por sua participação na série "The Good Wife" e Ray Panthaki participou da série "Marcella", também da Netflix, e Ato Essandoh é um veterano que atuou em várias séries e produções de sucesso do cinema, entre algumas das séries em que ele pode ser visto estão "Elementary"e "Altered Carbon", esta última é uma produção da Netflix.

A trama

Emma Green (Hilary Swank), Ram (Ray Panthaki), Kwesi (Ato Essandoh), Lu (Vivian Wu) e Misha (Mark Ivanir) formam uma equipe de astronautas de diferentes nacionalidades que irão tentar chegar em Marte a bordo da nave Atlas.

A tripulação terá que aprender a confiar uns nos outros para poderem sobreviver, depois de um período de muitos conflitos entre eles, o quinteto finalmente consegue deixar suas diferenças de lado e irá trabalhar em equipe para resolver os sérios problemas que terão que lidar na viagem, como o risco de ficarem sem água na nave espacial.

A série se divide entre os dramas encontrados pelos astronautas na missão espacial e o que está acontecendo no planeta Terra com Matt (Josh Charles), o marido de Emma e a filha do casal, a adolescente de 15 anos Alexis (Talitha Bateman).

Também ganham destaque na trama o restante da equipe de astronautas, com cenas de flashback, ao melhor estilo "Lost", que irá apresentar para o público cada um dos membros da equipe.

A arte imita a vida

Embora não seja inspirada em uma história real, "Away"é parcialmente inspirada em um evento verídico.

O showrunner Andrew Hinderaker criou a série depois de ter lido um artigo na "Esquire", como conta o "Cinemaholic". O artigo de Chris Jones relata a história do astronauta Scott Kelly. Ele participou de uma missão de seis meses na Estação Espacial Internacional. Neste meio tempo, sua família passou por momentos difíceis quando a cunhada de Kelly foi baleada.

O artigo fala sobre o drama do astronauta que estava longe de seus familiares justamente em um momento em que seus entes queridos precisavam dele.

Este drama fez com que Hinderaker se sentisse pessoalmente tocado com a história, pois ele próprio passou por situação parecida. Quando Andrew Hinderaker estava em Chicago, trabalhando em uma peça, ele recebeu a notícia de que sua esposa, com quem estava casado há 15 anos, foi diagnosticada com uma doença grave. A protagonista de "Away" vive uma experiência similar. Assim que parte do planeta Terra seu marido adoece. Então ela vive esta angústia de não poder estar com sua família neste momento de crise.

Hilary Swank é o principal motivo para apostar em "Away", ela é o tipo de artista que o público torce por ver com mais frequência, apesar de sua participação em bons filmes, sua carreira é um tanto irregular.

Apesar de ter bons momentos, a série está aquém do talento da atriz.

Ainda que a produção decepcione por não surpreender o público em praticamente nenhum momento, de tantos clichês que são vistos na tela, um ponto positivo da obra é seu aspecto multicultural que não coloca os Estados Unidos como o centro das atenções.

Se o espectador espera ver uma produção que lembre obras como "Interestelar" (2014) ou "Gravidade" (2013) irá se decepcionar, a trama é mais focada em dramas familiares e romances, aproximando-a mais da série "Famíla ao Resgate", também da Netflix.

Siga a página Televisão
Seguir
Siga a página Seriados
Seguir
Siga a página Opinião
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!