Muitos amantes de Cinema comentam que atualmente os trailers dos grandes blockbusters têm revelado mais do que deveriam mostrar, privando o espectador de se surpreender com determinados acontecimentos em um filme.

Um trailer tem a função de despertar a curiosidade nas pessoas para que elas se interessem em assistir a determinada obra audiovisual.

Filmes policiais que não possuem uma alta quantidade de sequências de lutas, tiros, explosões, perseguições de carro, ou ainda outros elementos típicos deste tipo de produção têm que concentrar as poucas cenas mais radicais em seus trailers.

Mas se por um lado, a utilização deste artifício é compreensível, isto também pode levar o espectador mais atento a desconfiar que a produção será maçante e que apenas usou clichês de filmes de ação para tentar fisgar a audiência.

E isto é o que acontece com a nova produção francesa da Netflix, o filme "Bronx", também conhecido no mercado mundial como "Rogue City".

O trailer da produção francesa segue o esquema citado acima. É mostrado um carro exlplodindo,e algumas cenas de ação.

Talvez a desconfiança que algumas pessoas possam ter com a obra seja pelo fato de não ser uma produção aos moldes de Hollywood, ou seja, não é um filme de alto custo.

Felizmente, o filme dirgido e roteirizado por Oliver Marchal, apesar de ser comedido nas sequências de ação, não usa o trailer para se vender como algo que ele não é.

A trama

O filme se passa na cidade de Marselha. A cidade francesa na trama é dominada por guangues que, na medida do possível, procuram manter um bom relacionamento com os rivais.

A paz da localidade é quebrada quando ocorre um ataque de uma gangue a um grupo rival. A partir daí, Richard Vronski (Lannick Gautry), o policial que lidera uma equipe especializada no combate às guanges da cidade, começa a investigar o crime.

O protagonista usa de métodos pouco convencionais, sua investigação é dificultada por um próprio colega na delegacia que tem uma rivalidade com todo o esquadrão comandado por Vronski.

As coisas pioram quando chega à cidade um novo chefe de polícia, que cobra total honestidade de seus comandados.

Como dito anteriormente, "Bronx" não apela para o uso exagerado de cenas de ação, o interesse parece ser o de contar uma história sobre policiais corruptos e suas motivações.

O policial combate o crime usando, muitas das vezes, métodos antiéticos.

Mas determinadas atitudes do protagonista fazem o público refletir se não agiriam da mesma forma.

O problema dos métodos usados pelo policial é que muitas vezes suas atitudes colocam outras pessoas em situações difíceis.

O diretor conduz à trama mais interessado em contar uma história com personagens que poderíamos encontrar na vida real. Mas o problema é que "Bronx" se beneficiaria de uma duração menor, o filme tem quase duas horas de duração.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Siga a página Seriados
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!