Instrumento rápido de comunicação, o WhatsApp possui a delícia e a dor de quem o utiliza ou frequenta grupos. Se, por um lado, torna o contato entre amigos e membros da família mais otimizado, por outro lado, é sinônimo de incômodos e neuroses, quando se trata de recebimento de mensagens indesejadas e de spam.

Em parte, este lado mais desagradável está com os dias contados, pois a plataforma anunciou que vai colocar à disposição dos usuários, uma ferramenta que buscará restringir ou coibir a inclusão em grupos de bate-papo sem o consentimento da pessoa.

A liberação desse recurso é feita aos poucos pelo WhatsApp e terá abrangência de nível global, isto é, qualquer indivíduo de qualquer parte do mundo poderá escolher de que forma será adicionado aos grupos sociais.

O que se recomenda, por enquanto, é que cada um baixe a versão mais atualizada do WhatsApp, a fim de estar preparado para usar a nova função.

Praticidade ou nem tanto

Para aqueles de tolerância zero ou que não querem ser perturbados de nenhuma maneira, o aplicativo não contempla uma seleção específica, escolhendo a permissão contato por contato. Entretanto, o WhatsApp criou três opções na liberação/proibição de incluir o nome na lista de algum grupo.

Quem quiser acessar essa funcionalidade, deverá ir até o menu com três pontos, localizado no canto superior direito e selecionar o item “Configurações”. Dentro dele, segue-se pelo caminho: Conta – Privacidade – Grupos.

Na aba das conversas coletivas, o usuário pode escolher pela configuração padrão, a qual permite que ele seja incluído no grupo por qualquer outra pessoa, até mesmo por desconhecidos.

A segunda opção é chamada de “Meus Contatos”, indicando que somente a lista da agenda do telefone do usuário pode incluí-lo nos grupos.

Já a opção “Meus contatos – exceto” permite que o indivíduo possa ou não fazer a inclusão automática nos grupos. Ainda neste tópico, é facultado ao usuário selecionar toda a lista de contatos cadastrada no aparelho, bloqueando toda proposta/convite de participação em um grupo originada destes contatos.

Essa última opção é a ideal para aqueles aficionados pelo sossego absoluto.

Para os grupos não enquadrados na configuração desejada, é bom lembrar que o usuário não é adicionado de imediato; porém, o administrador pode enviar um convite à pessoa querendo saber se ela aceita participar ou não do grupo.

Esse convite terá validade de três dias, dando liberdade para ponderação do usuário.

Antes disso

O recurso de bloqueio de adição em grupos estava em testes desde o início do ano. Só depois de ter a certeza do sucesso da ferramenta, é que o WhatsApp começa a disponibilizar de forma oficial nas plataformas Android e iOS

Até o momento, o usuário era obrigado a conviver com campanhas de desinformação, propagandas desinteressantes e conversas das quais, ele não tem o objetivo de interagir.

Para alguns, a ferramenta não é a solução definitiva, uma vez que o mais adequado seria a opção de exclusão feita pelo modo de contato por contato. Mas, a partir de agora, a funcionalidade é ótima para os que ficam nervosos, tensos e irritados diante do recebimento de mensagens originadas de empresas e de assessorias políticas, instigando e atazanando o dono do aparelho a entrar no WhatsApp sem necessidade real.

Siga a página Relacionamento
Seguir
Siga a página WhatsApp
Seguir
Siga a página Tecnologia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!