O isolamento social se transformou em chamariz para aqueles que ensejam se aproveitar da fragilidade humana nesse período. Esse período de distanciamento é um território fértil para os golpistas. Nos últimos dias, quem usa o aplicativo WhatsApp tem recebido mensagens da cervejaria Heineken oferecendo barris grátis de cerveja. Aos amantes da bebida resultante da mistura de água, malte e lúpulo, fica o alerta: não passa de um golpe.

A mensagem traz um endereço de suposto resgate da bebida. O trágico desse história é que perto de 160 mil usuários do aplicativo acreditaram na falácia. Para piorar: se clicar no link, a pessoa pode ser vítima de roubo de dados por meio de phishing, que é a coleta de informações digitadas pelo usuário dos meios digitais.

Detecção

Ainda sobre a Heineken, o golpe foi detectado por um empresa especializada em segurança digital da PSafe. No golpe, os maliciosos tentam prender a atenção do brasileiro pelo gosto popular: a cerveja. Torna-se mais atrativo porque oferecem quatro barris da bebida, que nos supermercados custa algo em torno de R$ 70 cada barril de cinco litros.

Em reportagem da Revista Veja, o órgão de segurança digital se assusta com o número crescente de vítimas – passou de 55 mil para 159 mil.

Como funciona?

Quem aplica esse golpe na internet, busca ferramentas simples para atrair as vítimas. O golpe da cerveja grátis funciona assim. O usuário recebe um link enviado pelo criminoso virtual em que é convidado a responder perguntas, logo depois de ser direcionado a uma página falsa.

As perguntas servem, exclusivamente, para despistar a atenção do internauta. As perguntas são bem simples e guardam relação com o consumo de cerveja: se o interessado na promoção é maior de 18 anos e se o paladar aceita cerveja lager ou pilsen. Na sequência, quando termina o questionário, a página destaca que o usuário está apto a receber os quatro barris de cerveja sem gastar um centavo.

Jogada a isca e capturada a presa, o responsável pelo golpe induz o “ganhador” a compartilhar a “promoção” com mais 10 amigos. O golpe da cerveja grátis se espalha e torna outros usuários vulneráveis ao golpe.

Com as lives sertanejas em alta no YouTube, fica o alerta: afinal quem aplica golpes virtuais pode usar esses eventos culturais como mote para atrair novas vítimas, literalmente sedentas por promoções, que unem três gostos do povo brasileiro: cerveja, boa música e vantagens promocionais.

Portanto, além de ficar em casa nesse período de isolamento social, o importante para o internauta é saber que ninguém faz milagre em períodos delicados da economia. E nesse contexto, as cervejarias se encaixam perfeitamente bem.

Siga a página Negócios
Seguir
Siga a página Culinária
Seguir
Siga a página Tecnologia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!