Um fato inusitado aconteceu com Libia de Andrade, de 37 anos. Além de ter sido vítima de um golpe no WhatsApp, ela ainda sofreu uma “cantada” do bandido. Tudo começou após Anderson Nascimento, um empresário de 40 anos, ter tido seu celular clonado. Segundo informações da vítima, além de Libia, mais dois amigos dele também caíram no golpe aplicado pelo bandido que clonou o WhatsApp de Anderson.

O empresário e os amigos que foram vítimas são residentes de São Vicente, no litoral de São Paulo, e lamentaram por terem perdido dinheiro durante transferência solicitada pelo bandido.

Publicidade
Publicidade

De acordo com informações do site G1, o empresário disse que havia recebido uma ligação de Los Angeles e que na primeira chamada não havia atendido, apenas na segunda. Ele disse que permaneceu cerca de 20 segundos na linha, porém ninguém respondeu do outro lado da linha. Não havendo resposta, Nascimento contou que desligou a chamada. Foi depois disto que o empresário passou a receber várias ligações de amigos e parentes, interrogando se ele estava precisando de ajuda por ter solicitado dinheiro emprestado.

Publicidade

Nascimento, por sua vez, levou um susto, pois ele não havia mandado nenhuma mensagem pedindo ajuda em dinheiro, e em seguida ele foi imediatamente alertar seus amigos nas redes sociais acerca de que haviam clonado seu número telefônico.

Bandido ‘canta’ vítima de golpe

Ao usar o número clonado, o bandido mandou mensagens para diversos amigos e parentes do empresário, afirmando que necessitava do valor para algo importante.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
WhatsApp

Por se tratar do numero de Nascimento, muitas pessoas que foram contatadas pelo bandido, não suspeitaram de que se tratava de um golpe.

Uma das pessoas que caíram neste golpe foi Libia de Andrade, que relatou que perdeu R$ 1,7 mil ao realizar a transferência solicitada pelo golpista. Nas conversas do WhatsApp, o golpista chegou a “cantar” Libia, elogiando a boca dela, e prometendo que faria o possível para devolver o dinheiro pessoalmente a ela.

Ao final da conversa, o bandido mandou “um beijo bem molhado” e pediu para que Libia não o bloqueasse.

Além de Líbia, outras duas pessoas foram vítimas do golpe. Um deles foi o sócio do empresário, que chegou a depositar R$ 800 para o golpista e uma amiga que depositou R$ 1,3 mil. O bandido enviou áudios para as vítimas sugerindo que elas fossem ao banco e explicassem que haviam perdido dinheiro após terem sido hackeadas ao clicarem em um link por SMS.

Publicidade

Desta forma, segundo orientações do golpista, as vítimas teriam as quantias em dinheiro devolvidas pelas agências bancárias.

Anderson Nascimento lamentou o ocorrido e alertou que mesmo tendo bloqueado o número telefônico, o bandido ainda continua usando sua conta pessoal no WhatsApp. O empresário prestou um Boletim de Ocorrência por estelionato na Delegacia Sede de São Vicente. A Polícia Civil está investigando o caso.

Publicidade

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo