Sasha Meneghel foi a primeira a experimentar a Dieta Pronokal, e como o método contribuiu para o seu emagrecimento, outros Famosos como Luciano Camargo, Bruno Gagliasso, Daniel Boaventura, Nany People, Suzy Rêgo, dentre outros, aderiram à dieta.

A endocrinologista Verônica Jordão conversou com o site Purepeople e explicou como funciona o método que está fazendo sucesso entre os famosos. A especialista disse que o programa é personalizado para perda de peso e o tempo de duração do tratamento pode variar de pessoa pra pessoa, a depender principalmente de quantos quilos há para ser eliminado.

Publicidade
Publicidade

O tratamento tem início com uma dieta Cetogênica, que controla o consumo de carboidratos, gorduras e calorias e a ingestão de proteínas com alto valor biológico por meio de substitutos alimentares. Nesta primeira etapa, o organismo é estimulado a entrar em estado de Cetose, por ocasião da baixa ingestão de carboidratos, fazendo uso da gordura do próprio corpo como fonte de energia para as tarefas do dia a dia. Verônica disse que esta primeira fase é responsável pela eliminação de 80% do peso almejado.

Reeducação alimentar e o acompanhamento profissional

A segunda etapa é conhecida como adaptação fisiológica, quando os alimentos são pouco incorporados, e se tem o aumento gradativo de calorias na dieta. O processo de reeducação alimentar auxiliará o paciente na manutenção do peso eliminado na primeira etapa e ainda terá a eliminação dos 20% que restam para atingir o resultado proposto.

A seguir, o tratamento visa a manutenção do peso eliminado e para isso o paciente terá acompanhamento de dois anos por uma equipe de profissionais.

Publicidade

Nesta fase ele terá uma alimentação equilibrada, composta por todos os grupos alimentares.

Segundo Verônica, os resultados aparecem de forma muito rápida devido ao baixo consumo de caloria aliada à dieta Cetogênica. A cantora Marília Mendonça adotou a metodologia e o resultado foi surpreendente. A moça perdeu cerca de 10 quilos no primeiro mês.

No entanto, a médica ressalta que para iniciar o procedimento a paciente deve se submeter a uma rigorosa avaliação médica e o profissional responsável pela avaliação deve ser credenciado pela empresa.

Pessoas que sofrem de problemas renais e hepáticos, gestantes, diabéticos tipo 1, arritmias cardíacas e doenças cardiovasculares graves não podem ser submetidas ao tratamento.

A médica falou sobre as vantagens e desvantagens do tratamento. Como fatores positivos, o método apresenta uma rápida perda de peso, uma praticidade nas refeições, pois o paciente consome os sachês que são preparados de forma rápida, o acompanhamento de uma equipe de profissionais, um estímulo às mudanças de hábitos em busca de uma vida mais saudável.

Publicidade

Quanto às desvantagens, a endocrinologista ressaltou que o regime é rígido, assim o paciente deve seguir todas as orientações e na etapa inicial deve eliminar totalmente os doces e as bebidas alcoólicas.

O cardápio do programa

Verônica Jordão também explicou sobre o cardápio composto por um rigoroso controle de carboidratos e gorduras. Na etapa inicial, o paciente se alimenta dez vezes ao dia, com proteínas em forma de sachês e vegetais permitidos, além de proteína animal.

Publicidade

Após alcançar a meta pretendida quanto a perda de peso, o cardápio introduz aos poucos uma quantidade de carboidratos complexos, frutas e gordura.

Segundo a médica, cada refeição gira em torno de R$ 24,00, no entanto, ao longo do tratamento, o custo diário pode chegar a R$ 72,00, nas fases iniciais o valor pode ser maior do que nas últimas etapas, o acompanhamento da equipe já está incluído no valor.

Leia tudo