A acusação de estupro contra Neymar Jr. está sendo investigado pela Polícia Civil e vem causando bastante polêmica nas redes sociais. No último sábado (1°), logo após a entrevista que o pai do jogador deu ao apresentador José Luiz Datena, no programa "Brasil Urgente", da Band, o atleta postou um vídeo em seu perfil no Instagram, no qual se defendeu das acusações e mostrou imagens de uma conversa íntima com a suposta vítima. No depoimento aparecem, entre outras coisas, fotos da mulher que acusa o jogador seminua.

Logo após o anúncio de que Neymar Jr. seria alvo de investigação de crime virtual, o pai dele disse, em nova entrevista à Band, na última segunda-feira (3), que ele e o filho não tinham escolha e que preferem um crime de internet ao de estupro.

Ele ainda afirmou que o próprio Instagram foi quem apagou o video. O pai de Neymar ainda falou que o filho preservou a identidade e a imagem da mulher que o acusa.

Neymar Santos disse que o filho precisava se defender rapidamente e que é muito melhor mostrar os acontecimentos. Segundo ele, eles estavam recebendo chantagem.

Na mesma entrevista, o pai do jogador disse que a publicação era um risco que tinha que ser corrido. Ele ainda acrescentou que é melhor Neymar ser acusado de inconsequente do que de estupro.

O dossiê e as imagens

Segundo informações do portal UOL, a mulher que fez as acusações contra Neymar Jr. entregou um dossiê à Polícia Civil com imagens que mostrariam o jogador agindo de forma "agressiva" antes do momento do suposto crime.

Ainda de acordo com o UOL, quatro fontes diferentes que viram as imagens afirmam que elas mostram Neymar Jr. agindo bastante nervoso antes do suposto crime. A mulher disse que o jogador estava bastante alterado no dia 15 de maio, no hotel em Paris, na França, onde ela estava hospedada e eles se encontraram.

Na entrevista na última sexta-feira (31), à Band, Neymar Santos disse que o filho percebeu que estava sendo filmado durante um segundo encontro com a mulher. Ela contou que o celular dela estava em pé, como se tivesse carregando, e o filho viu que estava sendo filmado. Logo depois de perceber isso, o jogador teria pedido para ir embora.

Neymar também teria tentado gravar tudo, mas se atrapalhou com o aparelho e não conseguiu.

Logo depois que Neymar Jr. disse para a mulher ir embora, segundo o pai, ela tentou bater no atleta. Neymar Jr. teria então se jogado na cama e tentado acalmá-la. Ao conseguiu deixar a mulher mais calma, o jogador deixou o hotel e emitiu a passagem para que ela voltasse ao Brasil.

Siga a página Polícia
Seguir
Siga a página Futebol
Seguir
Siga a página Neymar
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!