A Itália está vivendo momentos caóticos por conta da contaminação em massa do novo coronavírus, em grave crise na área da saúde [VIDEO]. O país europeu é um dos mais atingidos em todo o mundo até o momento, resultando em uma quarentena geral para a população. Ruas estão vazias, comércios fechados, e até mesmo as tradicionais cerimônias religiosas no Vaticano precisaram ser suspensas, tendo em vista o temor geral por conta da contaminação pela Covid-19.

De acordo com os dados mais recentes divulgados pela Defesa Civil italiana, os números alarmantes até o momento somam 1.809 mortos, e pelo menos outras 25 mil pessoas contaminadas.

O caos médico jamais visto na história moderna da Itália coloca em risco a estabilidade dos sistemas de Saúde, os quais não estão preparados para a gravidade e o feroz contágio pelo vírus.

Vittorio Gregotti é vítima fatal do coronavírus

De acordo com a imprensa italiana, morreu neste domingo (15) um dos mais prestigiados arquitetos de todo o planeta. Vittorio Gregotti estava com 92 anos e vinha sendo mantido em internação desde que seus resultados deram positivo para a contaminação pelo novo coronavírus.

Ao longo de sua vida, trabalhos icônicos foram capazes de mudar por completo o paisagismo europeu. São de Vittorio projetos como o estádio olímpico que sediou os Jogos Olímpicos de Barcelona no ano de 1992, além do prestigiado teatro da Ópera Arcimboldi de Milão, fora muitas outras obras.

Coronavírus de Vittorio veio em forma grave

Conforme vem noticiando os organismos internacionais de saúde, o público mais afetado pelo novo coronavírus são as pessoas idosas, em faixa-etária acima dos 60 anos de idade, além de pessoas que sofram problemas de imunidade. Entram neste segundo quesito, por exemplo, os pacientes em tratamentos contra o câncer.

Em Vittorio Gregotti, a contaminação veio em uma das formas mais graves. De acordo com a agência de notícias AGI e os jornais Corriere della Sera e La Repubblica, o arquiteto estava internado em um hospital localizado em Milão e acabou morrendo após complicações médicas oriundas do desenvolvimento de um grave quadro de pneumonia.

Esposa de Gregotti também está internada

No mesmo hospital em que o marido estava internado, Mariana Mazza segue sob cuidados intensivos em decorrência de sua contaminação pelo novo coronavírus. Por conta do isolamento, a imprensa local não divulgou qual é o seu estado de saúde no momento.

Itália tem recorde em contaminação

O Covid-19 está em uma das fases mais agudas de contaminação da população. Nas últimas 24 horas deste domingo (15), de acordo com os registros oficiais, foram constatados o maior número de mortos no país europeu, totalizando 368 óbitos neste período. O ponto mais crítico é a região de Milão, na região norte do país (Lombardia), onde já são 1.218 vítimas fatais, e 13.272 casos.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Saúde
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!