Um novo episódio vem à tona após a reportagem exibida no primeiro domingo de março pelo "Fantástico". O programa exibiu uma matéria onde Drauzio Varella mostrou a vida das detentas transexuais no cárcere. O médico retratou a história de algumas delas e as entrevistou. A história de Suzy Oliveira chamou a atenção. A detenta estaria há pelo menos oito anos sem receber visitas na prisão. Drauzio se emocionou com a história e deu um longo abraço em Suzy, atitude que foi elogiada por muitos telespectadores. Porém, após a repercussão da reportagem, o crime bárbaro praticado por Suzy veio à tona. A detenta violentou e assassinou uma criança no ano de 2010.

O público se revoltou com a notícia, e parte dos telespectadores se sentiram enganados pelo fato da informação não ter sido fornecida na reportagem. Nesta terça-feira (10), Drauzio Varella usou as redes sociais mais uma vez para dizer o que pensava sobre o episódio.

Pronunciamento de Drauzio Varella

Drauzio Varella usou seu perfil no Instagram para afirmar que só teria tomado conhecimento sobre o crime praticado por Suzy no domingo em que a matéria foi ao ar, junto com todos os telespectadores. O médico ressaltou que o crime realmente choca a todos, mas ressaltando sua fala anterior, reafirmou que não entrou na prisão como juiz, e sim, como médico. Drauzio afirmou que praticava a medicina há 50 anos, e buscava ter um olhar sensível durante o atendimento de seus pacientes.

O médico disse, ainda, que poderia imaginar a dor da família do menor assassinado, e pediu desculpas à sua família.

Drauzio Varella afirmou que a família teria sido exposta involuntariamente durante a matéria, pois o foco da reportagem era mostrar a vida das transexuais dentro dos presídios. As estatísticas oficiais, segundo o médico, apontam que a maioria das detentas está presa por roubo e furto, e que Suzy teria sido apresentada como se fizesse parte deste grupo majoritário.

Drauzio disse que conseguiria entender a frustração daqueles que se decepcionaram. O médico afirmou que no fim da entrevista, ao dizer que não recebia visitas há mais de sete anos, Suzy lhe olhou com tristeza, e o comoveu levando-o a abraçá-la.

Médico se desculpou novamente

Ainda durante o vídeo, Drauzio Varella se direcionou àqueles que achavam que ele havia errado e pediu desculpas novamente, afirmando que este seria seu jeito.

O médico assumiu a responsabilidade por toda repercussão negativa acerca do caso. Drauzio foi enfático ao se direcionar às pessoas que afirmaram que o médico estaria tratando este episódio de forma política, e garantiu que jamais se candidatou ou se candidataria a algum cargo público.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Relacionamento
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!