Após permanecer algumas semanas preso no Paraguai, o ex-jogador de Futebol Ronaldo de Assis Moreira, mais conhecido como Ronaldinho Gaúcho, junto de seu irmão, foram soltos ao pagarem uma fiança milionária.

De acordo com informações cedidas pelo portal G1, eles pagaram uma fiança no valor de US$ 1,6 milhão (cerca de R$ 8,4 milhões). Os irmãos irão permanecer em um hotel no Paraguai até que o caso seja solucionado.

A prisão

Ronaldinho está preso junto de seu irmão desde o início do mês de março, após ambos adentrarem no Paraguai com documentos adulterados, segundo informações das autoridades locais.

Além da prisão dos irmãos, outras três pessoas também foram detidas no país. Informações cedidas por um promotor no Paraguai revelam que Ronaldinho possuía um processo de naturalização no Paraguai aberto.

Siga a página Futebol
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!