Após ser nomeada como secretária de Cultura do Governo Bolsonaro, Regina Duarte vem enfrentando inúmeras críticas da ala ideológica dos apoiadores do presidente. Ao aceitar o cargo, Regina rompeu um vínculo de mais de 50 anos com a emissora. Ao longo desses anos, a atual secretária de Cultura atuou em várias produções artísticas, protagonizando muitas delas. De acordo com a revista Isto É, na noite da última terça-feira (5), a repórter Delis Ortiz, do "Jornal Nacional", da Rede Globo, chamou Regina Duarte de "ex-atriz", ao exibir uma matéria sobre sua possível saída da Secretaria de Cultura. Segundo o site G1, nesta quarta-feira (6), Jair Bolsonaro recebeu Regina para uma reunião no Palácio do Planalto.

Nas últimas semanas, rumores sobre a exoneração de Regina Duarte vem sendo levantados, sobretudo após uma recente declaração do presidente se queixando da secretária.

Suposto afastamento de Regina Duarte

Os rumores sobre o afastamento de Regina Duarte da Secretaria de Cultura ganharam mais força após o vazamento de um suposto áudio sobre um novo nome para a pasta. De acordo com o site G1, a revista Crusoé divulgou o áudio na internet. Durante a conversa, uma assessora de Regina Duarte afirmou que o presidente já teria um nome para substituí-la na Secretaria de Cultura. Tal nome teria sido indicado por Edir Macedo, dono da Record TV. A atual secretária se mostrou surpresa com a informação e chegou a dizer que Bolsonaro estaria lhe "dispensando".

Durante matéria exibida pelo "Jornal Nacional" na última terça (5), a repórter Delis Ortiz comentou sobre os rumores de afastamento de Regina Duarte. "Regina vem sofrendo ataques da ala ideológica do governo. O próprio Bolsonaro passou a reclamar dela e, na semana passada, ao ser perguntado se a ex-atriz sairia do governo, o presidente respondeu", disse.

Recentemente, Jair Bolsonaro respondeu sobre as especulações da suposta saída de Regina. "Infelizmente, a Regina está em São Paulo, está trabalhando pela internet ali. E eu quero que ela esteja mais próxima. É uma excelente pessoa, um bom quadro", afirmou o presidente.

Regina Duarte teria apresentado projetos

Ainda segundo o site G1, o Presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, falou com a imprensa e afirmou que teria participado da reunião entre Regina e Bolsonaro.

Camargo revelou que a secretária teria apresentado projetos e planos para a Secretaria Especial da Cultura. O Presidente da Fundação Palmares disse, ainda, que teria tido uma "boa" conversa com Regina, e que ambos estariam "alinhados", em razão de fazerem parte do mesmo órgão. Por fim, Camargo revelou que não havia divergências.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Política
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!