Se você está lendo esse texto é sinal de que provavelmente você já teve a experiência de se sentir paralisado enquanto dormia e isso é mais comum do que você imagina. Essa paralisia é notada quando a pessoa acorda, mas não consegue se movimentar e muita gente entra em pânico com essa sensação.

Publicidade

Uma explicação para isso é que o cérebro trabalha como se a pessoa ainda estivesse dormindo e anula os movimentos de algumas partes do corpo. O estresse causado por essa situação é o responsável por dar um start no cérebro e dessa forma, a pessoa sai do transe e recupera os movimentos.

É comum encontrar na internet diversos relatos dessa paralisia.

Publicidade

Em alguns casos, as pessoas chegam a ter visões de fantasmas e vultos. Nessas situações, especialistas explicam que as visões não passam de sonhos, pois o cérebro mistura a realidade com os sonhos e gera essas alucinações durante a paralisia. Há também aqueles que sentem uma pressão no corpo ou até a sensação de asfixia, mas isso está ligado a outros distúrbios na qual o cérebro não tem a capacidade de regular o sono e devem ser tratados.

Essa sensação geralmente acontece em duas situações: quando a pessoa está começando a dormir ou quando está começando a acordar. No primeiro caso, o corpo começa a relaxar lentamente até que a pessoa fique inconsciente. Entretanto, caso ocorra a paralisia, a pessoa não fica inconsciente e acaba não conseguindo se movimentar devido ao relaxamento do corpo e do cérebro.

O segundo caso é um pouco mais complicado. De acordo com especialistas, durante o sono, nosso corpo alterna em duas etapas, o REM que consiste no movimento rápido dos olhos e o NREM, que é o não movimento rápido dos olhos. Na maior parte do nosso tempo de sono, estamos no moto NREM, na qual o corpo relaxa e restaura-se.

Publicidade

Quando saímos da NREM, entramos no modo REM que é quando acontecem os sonhos e nossos músculos são desligados. A sensação de paralisia pela amanhã acontece quando saímos da REM antes desse ciclo acabar e o cérebro reativar nossos músculos.

Atualmente, cerca de 4 entre 10 pessoas têm paralisia de sono e geralmente acontece pela primeira vez na adolescência. Mas no decorrer da vida, tanto homens quanto mulheres podem ter essa sensação independente da idade. A falta de sono, abuso de medicamentos, horários irregulares e estresse são causadores da paralisia.

Tratamento

Não existe tratamento específico para esse transtorno. Quem sofre desse problema pode adotar medidas com o objetivo de evitar que eles aconteçam com frequência como: exercitar-se, melhorar os hábitos de sono, tratar problemas mentais e evitar o uso constante de medicamentos. #Curiosidade