Os médicos são sempre muito respeitados e precisam manter a ética e o respeito por cada paciente que passa por seus cuidados. Tem médico que cuida do coração, do estômago, dos olhos, mas tem aquele médico, corajoso médico, que cuida do íntimo das pessoas, ou seja, seus órgãos genitais. Tem quem pense que os homens que se especializam em ginecologia vivem de alegrias; afinal em nossa sociedade o que os homens mais buscam é a famosa “perseguida”. Mas neste caso, acreditem, não é sempre um mar de rosas entrar neste universo feminino.

Tem mulheres que são extremamente cuidadosas e quando marcam uma consulta é como se estivessem marcando o melhor encontro de suas vidas para não passarem vergonha diante do seu médico.

Publicidade
Publicidade

As mais preocupadas realizam todo aquele famoso ritual feminino de depilação, cremes, perfumes, banhos e afins, enquanto outras esquecem até do banho.

De fato os ginecologistas sofrem quando se deparam superficialmente com a mata atlântica. A pessoa se deita naquela posição nada confortável, o médico se acomoda diante das pernas já espaçadas e, de repente, vê aquele monte de pelos que vão desde o umbigo até os ossos da bacia e pensam: Uma aparadinha pelo menos seria interessante, não?. Mas como eles não pertencem ao time de estética, ele precisa continuar e bravamente continuam a sua missão.

Outro fator incômodo é quando a mulher não se preocupa com o fato de estar ou não menstruada. Ela chega e nem pergunta se tem problema. Ela acha que por ser médico ele não liga de ter sangue nas mãos.

Publicidade

Mas de fato, é um ponto que os ginecologistas sempre reclamam. E acreditem, acontece frequentemente nos consultórios por aí, mesmo com as recomendações passadas antes da cada consulta.

Tem também a falta de higiene ao perceber aquelas crostas nas laterais dos grandes lábios vaginais por falta de banho; com cheiro desagradável. Esta é uma das mais mencionadas pelo grupo de ginecologistas. Eles se questionam de como uma pessoa pode se apresentar desta maneira e que um banho ou pelo menos um lencinho umedecido por consideração, poderia ter sido utilizado para aquele momento horripilante.

E tem uma reclamação, acreditem se quiserem, mas sobre as pacientes bonitas!

Estas são o maior desafio dos ginecologistas. Elas chegam lindas, poderosas, e perfumadas. Sentam, abrem as pernas sem qualquer esforço, obviamente para tratarem da sua saúde íntima, mas tudo será analisado por um homem. Haja autocontrole, inclusive daquele que independe da vontade própria do doutor. É neste momento que entram as toalhas cobrindo as pernas, com a desculpa de ser apenas um suporte para o atendimento. E haja pensamento triste para esta consulta fluir com dignidade.

E você aí pensando que o #ginecologista é feliz todo dia. Uma coisa é você poder escolher o que vai enfrentar pela frente, outra é ter que encarar o que vier. #Dicas #Curiosidades