Chuvas violentas com nuvens gigantescas e muito escuras estão se tornando comuns no leste da Austrália, entre outros países da mesma região. As temidas e surreais nuvens têm atraído pessoas de diversas partes do mundo para poder fotografá-las, bem como repórteres viajam para os locais para realizarem reportagens sobre o caso.

Há quem diga que isso é mais uma evidência do fim dos tempos; já quem vive nas cidades assoladas pelas 'chuvas apocalípticas' já se acostumou com elas e acabou acreditando que essas chuvas assustadoras são as coisas mais 'normal' do mundo.

Assim como já era de se esperar ao ver essas nuvens, elas são acompanhadas não só de uma chuva muito forte, mas também de furacões e granizos. Na maior parte das vezes que as chuvas apocalípticas estão chegando, o departamento de meteorologia local emite alertas à população, de forma que se abriguem das tempestades com antecedência, da mesma forma, escolas e empresas acabam mudando sua rotina durante as chuvas.

Publicidade
Publicidade

Nesses dias, muitas gente esconde carros e animais debaixo de alguma área coberta da propriedade.

Os alertas do governo australiano têm como objetivo principal preservar a vida das pessoas, pois soube-se que um homem, que estava na praia após as nuvens se formarem, foi atingido por um raio em sua cabeça enquanto as observava, falecendo no ato. Por isso, os alertas servem para conscientizar a população local dos perigos de se ficar em locais abertos ou próximos à árvores quando as temidas nuvens surgem no céu australiano. Os locais mais propensos aos raios são as áreas mais planas.

Em Sydney, dezenas de pessoas, em sua maioria turistas, sobem as "montanhas azuis" para fotografar as nuvens antes da tempestade chegar às montanhas. Chineses fazem excursões turísticas para o local, dizendo que as nuvens são um dos maiores 'espetáculos' naturais do planeta.

Publicidade

Essas chuvas trazem muitos transtornos às cidades pequenas, gerando enchentes e perdas de diversos bens, como carros, produtos em comércios e até mesmo casas. Além disso, os granizos que caem são enormes e capazes de quebrar telhas e vidros e matar pessoas e animais. Vide foto em nossa galeria.

Atualmente cientistas de todo o mundo buscam explicações para essas nuvens e já até 'batizaram-nas' de 'rolos de nuvens'. Eles tentam entender porque somente naquela região elas têm surgido, não havendo ocorrência das mesmas no restante do mundo, mesmo em regiões litorâneas. O mais assustador ainda, é que as nuvens chegam a duzentos metros de altura e até mil quilômetros de comprimento, movendo-se sempre muito rápido em relação as nuvens comuns, além de ficarem próximas ao solo. Sua velocidade gira em torno de 60 km/h. Apesar de pouco se saber sobre elas, os cientistas acreditam que podem ser pior do que se imagina e ainda vão se alastrar pelo mundo em regiões próximas ao mar.

E você, qual reação teria ao ver essas nuvens assustadoras de perto? Deixe sua opinião nos comentários.

Clique na foto desse artigo para visualizar galeria completa.

Publicidade

#Natureza #Curiosidades