Publicidade
Publicidade

Já mostramos aqui neste portal de notícias, diversos acontecimentos bárbaros envolvendo #mortes em decorrência de suicídio. Infelizmente, esse número de vítimas tem crescido dia após dia. Segundo dados da OMS, a cada 40 segundos, uma pessoa comete suicídio no mundo, mesmo com tantos esforços por parte de organizações governamentais e não governamentais para impedir essa prática [VIDEO].

Inconformada com sua aparência, menina põe um fim na sua vida

Após chocar toda uma cidade e repercutir em vários países, a polícia de Dublin, na Irlanda, finalmente colocou um ponto final na morte da adolescente Milly Tuomey, de 11 anos, que foi encontrada jogada ao chão no quarto dela após tentar suicídio.

Publicidade

Ela ainda foi conduzida a um hospital de urgência, porém, não resistiu e veio a óbito. Os investigadores informaram à imprensa local, que a menina já apresentava sinais de que cometeria uma loucura, pois se declarava insatisfeita com o seu próprio corpo.

Ainda segundo as investigações, 60 dias antes de se suicidar, Milly publicou uma foto em seu Instagram e na legenda ela dizia que queria morrer. Após a publicação, a irmã mais velha de Milly decidiu convocar a diretora da escola da jovem para ir até sua residência conversar com os seus pais, pois a preocupação estava tomando conta de todos os amigos.

Daí, a família decidiu levar a adolescente ao médico, que ao ser atendida, disse ao especialista que vivia normal como qualquer outra pessoa, porém, insatisfeita com sua aparência, o que a fazia pensar em cometer loucuras consigo mesma.

Publicidade

Os pais dela ainda a levaram para um atendimento com um psiquiatra, que pediu que os pais comprassem alguns medicamentos e também sugeriu que a colocassem para fazer algumas terapias, pois poderia ajuda-la na mudança de pensamento.

Ao chegar em casa, a família do adolescente ainda encontrou um diário com várias frases de intenções suicidas. ‘Garotas bonitas não comem'”, dizia Milly em seu diário. A mãe ainda revelou que Milly se cortou e escreveu com o sangue no seu diário. A informação foi divulgada pelo jornal Daily Mail.

A família passou a ficar mais atenta ao comportamento da garota. Porém, no primeiro dia do ano de 2016, após jantar com a família, a garota foi até o seu quarto e somente horas depois, foi encontrada quase morta. A investigadora do caso disse que casos como esse, a poucos anos atrás, era algo inimaginável, porém, o número de casos de suicídios entre crianças tem subido de maneira assustadora [VIDEO]. #adolescentes #carta