No dia 13/08/2014 em todas as escolas estaduais de Minas Gerais aconteceu o dia D da #Educação. As escolas estaduais de Minas Gerais e também de outros estados fazem esta paralisação para refletirem sobre a prática pedagógica e decidir quais projetos continuam e o que deverá ser excluído.

Neste dia é feito uma auto avaliação e para isto são mobilizadas a equipe gestora, pedagógica, professores e toda comunidade escolar. Na primeira etapa que aconteceu no dia 13/08 foi apresentado o gráfico sobre a escola e através da análise dos dados são observados os pontos positivos e os negativos. São decididos também o que é preciso fazer para melhoria do ensino e a classificação da instituição de ensino que está sendo avaliada.

Estarão em discussão à gestão pedagógica, os recursos físicos, financeiros e humanos, além do resultado da aprendizagem.

O dia D acontece em dois momentos um com os funcionários e o segundo incluindo pais, alunos e toda comunidade escolar no dia 16/08/2014.

Durante a reunião foram apresentadas várias perguntas que foram respondidas pelo grupo e depois as respostas foram dadas para os outros grupos. As perguntas eram tipo: O que a comunidade espera da unidade de ensino? Porque é importante avaliar a nossa escola? O que podemos fazer para melhorar o nível da nossa escola? O que precisamos melhorar? O que os professores querem e podem atingir com suas práticas pedagógicas? Como a gestão pode contribuir para que a escola alcance suas metas?

Neste encontro são avaliados os resultados das provas do Simave (proalfa/Proeb), IDEB, das metas e das avalições internas para subsidiar a reorganização do Plano de Intervenção Pedagógica (PIP) de cada escola, com o objetivo de garantir a melhoria do processo ensino aprendizagem.

O PIP é um programa elaborado de acordo com as dificuldades apresentadas pelos alunos de forma individual. A partir desse conhecimento, são planejadas atividades escolares que propiciam o desenvolvimento das capacidades e habilidades necessárias à leitura, escrita e alfabetização matemática, para serem aplicadas nas salas de aula, durante um período viável para a conquista de um desempenho melhor pelo educando.

O Programa de Intervenção Pedagógica é uma iniciativa da Secretaria de Estado da Educação – SEE/MG, desenvolvido em todas as escolas do Estado, com o objetivo de oferecer apoio pedagógico à equipe escolar e garantir a aprendizagem do aluno e consequente melhoria do desempenho da escola.