Um Vídeo filmado no último dia 23 mostra o exato momento em que o Edifício Millenium Palace, em Balneário Camboriú (SC), foi atingido por uma tempestade de vento e começou a balançar. A gravação tem cerca de 55 segundos e pode-se ver do interior do apartamento os relâmpagos refletindo na janela e a água da piscina agitada formando pequenas ondas a ponto de derramar. O vento atingiu a velocidade de 90 km/h, de acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). O balanço causado é muito parecido com o movimento de um navio em alto-mar.

A mulher que registrou as imagens provavelmente é moradora de um dos 36 apartamentos de luxo com piscina privativa.

Ela comentou ao fundo que a situação era apavorante. A tempestade aconteceu no última dia 23, e em pouco tempo o vídeo se tornou viral por meio das redes sociais. Veja abaixo as imagens:

O edifício Millennium fica localizado em Balneário Camboriú, em Santa Catarina, e é considerado atualmente o maior prédio do Brasil, com 46 andares e 177 metros de altura. A FG Empreendimentos, construtora responsável pelo edifício, informou que não recebeu reclamações dos moradores do Millenium Palace e que as rajadas de vento não causaram danos nas estruturas do prédio.

É normal ocorrer esse fenômeno?

Apesar de o vídeo impressionar os internautas, ele não aponta que a estrutura do prédio está comprometida, segundo o Ricardo Dias, engenheiro civil e professor do curso de Arquitetura e Urbanismo.

Ele explicou que as forças produzidas pelo vento horizontal geram deslocações laterais nos prédios.

Os materiais utilizados nas estruturas possuem certa elasticidade, não sendo totalmente rígidos, fazendo com que todo prédio sofra uma vibração, que pode ser perceptível ou não, de acordo com a altura que a pessoa está. Prédios como os de Balneário Camboriú são estudados e planejados para aguentar ventos muito superiores ao máximo previsto.

Em cima da velocidade nominal máxima prevista para os ventos, o prédio ainda conta com um coeficiente de segurança bastante alto (no mínimo 2). Um coeficiente de segurança 2 significa que o prédio é construído para suportar no mínimo o dobro da carga máxima calculada.

Ainda segundo a construtora FG Empreendimentos, a empresa BRE realizou testes de túnel de vento com o edifício para se certificar da segurança do prédio.

Em nota, a empresa declarou que os edifícios altos como os de Balneário Camboriú são planejados para aguentar ventos muito superiores ao máximo previsto.

Siga a página Curiosidades
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!