Uma garota de apenas 19 anos foi encontrada morta na Favela da Rocinha, localizada na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Ana Luíza Carvalho da Silva, é ex-mulher do traficante Modelo, que é genro de Antônio Francisco Bonfim Lopes. Segundo informações, a Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) recebeu uma denúncia anônima, dizendo que havia uma mulher morta em uma casa na rua Travessa das Flores, na localidade conhecida como Via Ápia.

Quando os policiais militares chegaram ao local, adentraram à residência e visualizaram o corpo da jovem morta no chão. Imediatamente, os militares acionaram a Polícia Civil. Os agentes fizeram toda a perícia no local e colheram alguns depoimentos. ''Eu ouvi um cochicho de moradores, afirmando que a ex-mulher do traficante Modelo tinha morrido. Vi pela frecha da janela da casa um corpo e sai do local'', informou uma moradora que não quis se identificar.

A Delegacia de Homicídios da Capital (DH), localizada na Barra da Tijuca, está investigando o caso. O delegado não informou o laudo da morte da jovem, mas alguns moradores dizem que ela foi executada. Essas informações ainda não foram confirmadas.

Quem é Antônio Francisco Bonfim Lopes?

Antônio Francisco Bonfim Lopes, vulgo ''Nem'' era um dos responsáveis pelo tráfico de drogas na Rocinha. Ele se envolveu no mundo do crime após descobrir que sua filha precisava de um tratamento médico bastante caro.

Os hospitais públicos diziam que esse tratamento só era possível ser feito nos hospitais particulares. Sem ter dinheiro para bancar o tratamento, Antônio resolveu recorrer ao tráfico, aonde pediu um dinheiro emprestado.

Os traficantes acabaram concedendo o pedido. Antônio tinha uma enorme facilidade em contabilidade. Diante disso, os traficantes disseram para ele controlar os ganhos da comunidade.

Como ele estava devendo um dinheiro aos bandidos, decidiu ajudar. Durante algum tempo, Antônio era conhecido como um mero trabalhador, mas acabou se tornando ''Nem'', o chefe do tráfico de drogas da Rocinha mais respeitado na época.

''Nem'' acabou sendo preso em 2011, após ser encontrado em um porta malas de um carro.

Comando Vermelho

Atualmente, a facção criminosa é uma das maiores do Brasil. Segundo pesquisas, ela foi fundada no ano de 1979, após a prisão de um bandido bastante famoso, identificado como Cândido Mendes, na Ilha Grande, localizada no interior do Rio de Janeiro.

Quando algum membro do grupo é preso, eles realizam um sinal com a mão simbolizando a facção (CV).

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo