O misterioso desaparecimento da personal Karla Oliveira, de 27 anos, ocorrido há cinco dias, após sair da academia em que trabalha, em Guarujá, litoral de São Paulo, ganhou nesta terça-feira (8) um importante fato novo. Colegas que trabalhavam com ela encontraram um bilhete em que Karla diz que por estar passando por “problemas pessoais” iria deixar a cidade. A Polícia Civil segue investigando para descobrir seu paradeiro.

De acordo com o que estava escrito no bilhete, datado do dia 4 de janeiro, Karla pede desculpas por não conseguir dar as aulas e justifica que, por conta de problemas pessoais, está deixando a cidade.

Publicidade

Ela diz ainda que está sem celular e por isso escreveu o bilhete. Por fim, a personal ainda diz que pegou R$ 160 da mensalidade paga por um aluno como pagamento pelos dias em que trabalhou. Câmeras de segurança registraram ela saindo sozinha da academia.

Último contato foi pouco antes do desaparecimento

O técnico em mecânica Esteves Oliveira, marido de Karla, disse que a letra é de sua esposa. Ele afirmou que ela saiu de casa para trabalhar normalmente na sexta-feira (4), mas que não retornou à noite.

Ele e a sogra, na esperança de que ela pudesse retornar, ainda aguardaram por dois dias antes de registrarem o boletim de ocorrência dando conta do desaparecimento da mulher.

Esteves disse ainda que havia discutido com a mulher no dia de seu desaparecimento, mas que o relacionamento deles era bom. Um pouco antes do horário de saída, ele havia ido até a academia levar o aparelho celular que a esposa tinha esquecido em casa. “Já estava tudo bem. O problema é que ela não voltou e está todo mundo desesperado”, contou.

Publicidade

Eles se conheceram há dez anos e há três eram casados. Parentes e amigos também disseram que não notaram qualquer comportamento depressivo e que ela não havia comentado sobre problemas familiares. O marido e a mãe de Karla passaram a fazer buscas na casa de conhecidos para tentar saber onde ela está, mas não obtiveram informações. “As pessoas estão nos ajudando e estamos todos juntos esperando ela voltar”, contou o marido.

Ainda de acordo com o marido, Karla nunca havia desaparecido e também não tinha o costume de se afastar dos familiares.

“Ela nunca sumiu ou teve esse comportamento de se afastar da gente”, disse.

Para quem tiver alguma informação sobre o paradeiro da mulher, a Polícia Civil pede que isso seja informado através do Disque Denúncia 181. As informações também podem ser passadas para o plantão do DP de Guarujá pelo número (13) 3386-6992. Não é necessário se identificar.