Anúncio
Anúncio

Uma menina de 13 anos foi encontrada pela Polícia após ser mantida em cárcere privado na cidade de Sidrolândia, Mato Grosso do Sul. A polícia chegou ao local após uma ligação anônima. Ao invadir a casa, os policiais encontraram a menina em meio a muita sujeira e deitada no chão. Ela estava consciente e contou aos policiais que está grávida de 2 meses e que foi agredida com chutes e socos na barriga. [VIDEO]

Tudo indica que ela estava trancada no local há bastante tempo.

A garota estava com a roupa suja, rasgada e com hematomas no rosto. Questionada sobre o motivo de ter sido pega pela quadrilha, a jovem contou que havia recebido uma punição por ter denunciado à polícia alguns integrantes do grupo.

Advertisement

Além disso, ela também foi "julgada" pela quadrilha após participar de um roubo ao lado do ex-namorado, que não teve o nome revelado.

Em depoimento, ela relatou que foi atraída ao local por três homens e uma mulher. Eles teriam dito a ela que queriam conversar. Assim que ela entrou, não a deixaram mais sair. Em seguida, ela teria ouvido um dos homens fazendo uma ligação e perguntando a outra pessoa o que era para fazer com ela: "É para matar ou só para bater? [VIDEO]", teria perguntado um dos criminosos.

A delegada pelo caso está acompanhado de perto as investigações. A adolescente foi atendida pelo Corpo de Bombeiros e levada pelo Samu a um hospital de Sidrolândia. O conselho tutelar foi acionado para prestar assistência à vítima, que por sentir-se ameaçada, foi levada para um abrigo em outra cidade.

Advertisement

A delegada também solicitou que fosse feito exames médicos para confirmar a gravidez da jovem. A delegada também informou que a jovem tem registros de infrações.

Foram ouvidos pela polícia três suspeitos de terem cometido o crime, no entanto, todos foram liberados por não terem sido pegos em flagrante. No depoimento, os três confessaram ter agredido a menina, mas negaram que teriam atraído a jovem ao local. Segundo eles, ela entrou para roubar a bicicleta de um deles e, ao ser avistada, foi agredida pelos três. A família da jovem ainda não foi localizada.

Tribunal do Crime

Os "tribunais do crime" existem geralmente em comunidades dominadas por quadrilhas de traficantes. Atos considerados inadmissíveis pelos líderes das quadrilhas são julgados por eles mesmos. Muitas pessoas são torturadas e executadas por terem quebrado as regras do grupo.