Segundo pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha e divulgada nesta segunda-feira (31), 61% dos brasileiros são contrários à posse de armas de fogo, por ser uma ameaça à vida das pessoas.

A pesquisa diz respeito ao direito de poder manter uma arma em casa, enquanto que para poder transportar uma arma, é preciso ter o direito ao porte de arma.

O levantamento de dados desta pesquisa foi realizado nos dias 18 e 19 de dezembro. Na pesquisa anterior, realizada em outubro, 55% dos entrevistados daclaram-se contra a posse.

Foram ouvidas pelo Datafolha 2.077 pessoas de 130 municípios em todas as regiões do Brasil.

Da pesquisa de outubro para a de dezembro, diminuiu a parcela das pessoas favoráveis à posse de armas de fogo, passando de 41% para 37%, no limite da margem de erro, de dois pontos percentuais para baixo ou para cima.

A pesquisa vai na direção contrária à declaração dada pelo presidente Jair Bolsonaro [VIDEO] em seu Twitter no ultimo sábado (29), em que ele diz que irá editar um decreto que facilitará a posse de armas.

Esta sempre foi uma bandeira da campanha eleitoral de Bolsonaro, a flexibilização do Estatuto do Desarmamento. Por este Estatuto, quem quiser ter uma arma em casa deverá cumprir uma série de requisitos.

Segundo o que foi divulgado pelo Datafolha, as mulheres são as que mais rejeitam a posse: 71% é o número de mulheres contrárias à ter arma em casa, enquanto somente 51% dos homens declararam-se contra a posse.

Outro fator apontado pela pesquisa é o nível de escolaridade dos entrevistados. O apoio à posse é maior entre aqueles com maior escolaridade: 41% dos entrevistados com ensino superior são favoráveis. Já entre os que possuem apenas o ensino fundamental, o índice é de 34%.

O apoio à esta medida aumenta à medida que sobe o nível financeiro. Entre aqueles com renda familiar mensal de até 2 salários mínimos, 32% são a favor da posse de armas.

Entre os que ganham mais de 10 salários mínimos, o percentual sobe para 54%.

Entre as regiões do Brasil, a Nordeste é a que as pessoas são menos favoráveis, 32%. A região Sul é onde se encontram as pessoas mais favoráveis, com 47%.

Regras

As autorizações para a posse de armas são concedidas pela Polícia Federal. Com as seguintes regras: ter pelo menos 25 anos, ter ocupação lícita, justificar a “efetiva necessidade” de ter o posse de arma, não responder a inquérito policial ou processo criminal, entre outras exigências.

Siga as suas paixões.
Fique atualizado.

Não perca a nossa página no Facebook!