Uma câmera que ficava no alto de um guindaste teve suas imagens divulgadas pela BandNews nesta sexta-feira (1º) e revela o poder de destruição da lama proveniente do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho (MG).

A barragem da Mina Córrego do Feijão se rompeu na última sexta-feira (25). O local era depósito para lama com rejeitos de minério de ferro. Após seu rompimento, o que se viu foi uma onda de destruição da Natureza, de edificações, além das 110 pessoas que já foram confirmadas como mortas.

O vídeo mostra a onda de lama avançando sobre o que havia à sua frente. A câmera, instalada no ponto mais alto de um guindaste, filmou o momento em que a lama "engole" carros, máquinas, pessoas, prédios e passa por cima de tudo.

Vídeo revelou o poder de destruição da lama

Assim que a lama vai se aproximando de pessoas e carros, é possível ver no vídeo o horário, 12h28. O que se avista primeiro é uma forte tempestade de poeira e logo depois a lama surge devastando tudo. Ao centro da imagem, nota-se uma edificação da mineradora. Além disso, é possível ver veículos e funcionários. Um veículo e uma máquina de grande porte tentam escapar do "tsunami", mas logo são engolidos pela lama e desaparecem. No alto do vídeo, à direita, uma composição de trens para assim que acontece o rompimento.

Há poucos minutos, a Globo também divulgou um vídeo com o exato momento do rompimento da barragem, mostrando que a parte inferior da mesma desliza e toda a barragem é levada pelo rejeito de lama.

O vídeo ainda não foi publicado de maneira oficial na internet para ser compartilhado, mas pode ser assistido no site da Globo.

Confira os números da tragédia em Brumadinho

Até o momento, as autoridades confirmaram 110 mortos, 71 deles já foram identificados. Ainda há 238 pessoas desaparecidas. Cabe lembrar que, desde o último sábado, ninguém mais foi encontrado com vida.

O número de resgatados com vida permanece o mesmo, 192 pessoas. O número de pessoas localizadas é de 394 e os desalojados e desabrigados passam de 100.

O delegado da Polícia Civil, Arlen Bahia, confirmou que dos 71 corpos identificados, 60 já foram entregues às respectivas famílias. Os outros 11 corpos estão sendo avaliados pelo instituto.

O resgate dos corpos continua sendo feito pelos bombeiros.

Veja o vídeo obtido com exclusividade pela BandNews mostrando a destruição causada pela lama.

Siga a página Curiosidades
Seguir
Siga a página Natureza
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!