O ex-presidente Michel Temer foi preso na manhã desta quinta-feira, 21 de março, pela Polícia Federal. O ex-presidente estava em sua casa, na zona oeste de São Paulo.

A mesma operação também prendeu no Rio de Janeiro o ex-ministro de Minas e Energia Moreira Franco. Além dois dois políticos, o Coronel Moreira Lima e outros cinco empresários estão sendo procurados por agentes da Polícia Federal. O juiz Marcelo Bretas foi responsável pela expedição dos 8 mandados.

Publicidade
Publicidade

A prisão de Temer já era prevista nos bastidores. No entanto, por conta do foro privilegiado, a mesma não ocorreu anteriormente. Agora, o ex-presidente segue direto para o aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo, e de lá embarca para a sede da Polícia Federal do Rio de Janeiro.

Ao todo, o nome de Michel Temer está envolvido em dez inquéritos, sendo que metade deles estavam no Supremo Tribunal Federal (STF), em um período em que Temer ainda atuava como presidente do Brasil.

Lava-Jato prende ex-presidente Michel Temer (Crédito: Arquivo Blasting News)
Lava-Jato prende ex-presidente Michel Temer (Crédito: Arquivo Blasting News)

O restante dos inquéritos, autorizados pelo ministro Luis Roberto Barroso, não contavam mais com o foro privilegiado.

Michel Temer era vice-presidente de Dilma Rousseff e assumiu a presidência em agosto de 2016, após o impeachment da petista. Ele manteve-se no cargo até o dia 1° de janeiro de 2019, quando Jair Bolsonaro assumiu o cargo. Temer hoje tem 78 anos, nasceu na cidade de Tietê, interior de São Paulo, e faz parte do Movimento Democrático Brasileiro (MDB). Ele foi o 37º presidente do Brasil.

Publicidade

Lula preso

Michel Temer não é o primeiro presidente do Brasil a ser preso. Em 7 de abril de 2018, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi preso dentro do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, na Grande São Paulo. O nome de Lula foi envolvido com lavagem de dinheiro e corrupção, por conta do caso do triplex localizado na cidade do Guarujá, região litorânea do Estado de São Paulo. Ele foi condenado a cumprir pena de 12 anos e 1 mês e atualmente está em Curitiba (PR).

Vale lembrar que Lula foi o primeiro caso de presidente do Brasil condenado por um crime considerado comum.

Leia tudo e assista ao vídeo