Durante a madrugada dessa última segunda-feira (4), mais uma Mulher foi vítima de uma tentativa de feminicídio no Brasil.

Jane Cherubim, de 36 anos de idade, foi brutalmente espancada na região de Dores do Rio Preto, no sul do Espírito Santo. Além de sofrer a agressão, ela foi abandonada com feridas pelo corpo em uma estrada. O principal suspeito das agressões é o companheiro da vítima.

O delegado Ricarte Teixeira, responsável pelo caso, solicitou a prisão de Jonas Amaral, namorado de Jane, que até o momento não foi localizado.

Ele também informou de que todo o ocorrido foi motivado por ciúmes.

A vítima, teve seu rosto muito ferido, mas ela se encontra fora de perigo.

O casal mora no município de Espera Feliz, em Minas Gerais, porém durante esse Carnaval, por conta de um trabalho temporário, eles estavam localizados em Pedra Menina, em Dores do Rio Preto (ES).

Pessoas alegam que viram os dois juntos em uma festa, mas em um determinado momento, Jonas teria puxado Jane para dentro de seu carro e saído do local, conforme diz no boletim da PM.

Quem encontrou a vítima foram seus irmãos e o pai do suspeito do crime. Eles começaram a buscar por ela após o irmão de Jane ter recebido uma mensagem de Jonas .

Segundo o delegado Teixeira, o namorado da vítima teria dito em mensagem a um dos cunhados que havia agredido a moça pois ela "não soube valorizá-lo" e porque havia sido traído.

Depois de ter cometido o crime, Jonas teria ligado para o pai e dito que queria tirar a própria vida.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia Mulher

Jane e Jonas estavam juntos a aproximadamente um ano e meio. O irmão de Jane disse que ela nunca tinha falado sobre alguma ação em que Jonas se mostrasse ofensivo e que a irmã não tinha reclamações do companheiro.

Jonas Amaral está sobe busca, que estão sendo feitas em Espirito Santo e Minas Gerais. Caso tenha qualquer informação sobre a localização do suspeito entre em contato com a Polícia pelo telefone 181 ou 190.

Caso Jonas seja condenado, ele pode ter a sentença de até 20 anos na prisão por tentativa de feminicídio. Jane ainda se encontra internada.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo