A adolescente de 15 anos que foi esfaqueada trinta e duas vezes pelo próprio tio na cidade de Paulo de Faria, em São Paulo, recebeu alta hospitalar após se recuperar dos ferimentos. Nesta quinta-feira (25), ela agradeceu aos policiais que lhe prestaram socorro e conseguiram defendê-la do agressor, que foi preso pelos oficiais.

O caso ocorreu na manhã do dia 8 de abril, no bairro Patrimônio. Após o ataque do tio, a vítima foi socorrida e levada pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para o pronto-socorro de sua cidade.

Mas após isso ela precisou de encaminhamento para o Hospital Base de São José do Rio Preto, em São Paulo. Os ferimentos graves sofridos pela jovem foram no tórax, braço e cabeça.

Segundo relato da própria vítima, ela estava em seu quarto no momento do ataque. Ela contou que o tio parou logo na porta de seu quarto e foi para cima dela lhe dando socos. Neste momento, ela tentou reagir às agressões do tio se debatendo e com isso acabou caindo da cama.

Foi nesse momento que ela começou sentir algumas pontadas em sua costela. Até este momento ela ainda não havia percebido que se tratavam de facadas. A jovem contou que o homem só foi parar de atacá-la após ela gritar pedindo socorro e sua avó ir ao seu encontro e tirar o homem de cima dela.

Após a tentativa de homicídio, a Polícia Militar foi chamada para atender a ocorrência e levou o sujeito que foi preso em flagrante.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

Ao ser levado para a delegacia o homem acabou tendo sua prisão convertida em temporária após ser realizada uma audiência de custódia.

A jovem relembrou os momentos após ter sido atacada e contou que a equipe média a pedia sempre para que se manter calma. Ela relatou que foram necessários pontos em sua cabeça devido ao ataque, pois estava com um grande sangramento. Ela disse que se lembra totalmente do ocorrido e que não conseguiu dormir em nenhum momento após o episódio.

Após três dias e internação, ela recebeu alta. Mesmo com a quantidade de golpes proferidos a ela, os ferimentos não foram tão profundos e não atingiram nenhuma parte vital de seu corpo. Desta forma facilitou para que sua recuperação fosse mais rápida. Agora ela retornou à sua casa e vem se recuperando muito bem.

Jovem escreve carta em agradecimento

A jovem que tem como sonho se tornar escritora, escreveu uma carta à mão para os policiais que a ajudaram no resgate.

A equipe de PMs foi até a casa da menina na última quinta-feira (25). Os policiais relataram que ficaram sem palavras com o ato da garota, e que foi uma sensação indescritível receber a carta de agradecimento. Além do apoio dos policiais a menina também agradeceu enfermeiros, médicos e seus familiares.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo