Nesta terça-feira (18), o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, foi entrevistado no Programa do Ratinho. Durante a conversa, o apresentador Carlos Massa declarou que ele era o único herói brasileiro, contudo, o herói não conseguiu atrair uma boa audiência para atração que não rendeu o esperado, registrando a menor audiência do programa no ano.

O programa do Ratinho no SBT transmitiu nesta terça-feira (18) a entrevista com Sérgio Moro.

O ministro foi ao programa para explicar sobre as supostas conversas divulgadas pelo site The Intercept Brasil. Na entrevista, ele declarou que não pode confirmar se as conversas aconteceram, pois, já não tinha mais as mensagens no celular, porém, ele assegurou que sempre agiu com lisura quando atuava como juiz.

Ele declarou que a preocupação não é o conteúdo divulgado, mas, o ataque que ele classificou como criminoso às instituições.

Ele disse que o objetivo desse grupo criminoso é colocar obstáculos nos avanços da Lava Jato.

O ministro não deu muita sorte para o programa do Ratinho, de acordo com dados preliminares do Ibope, o Programa do Ratinho registrou média de 6,6 pontos na grande São Paulo, e com pico de 8,5. Este foi o pior desempenho da atração, em relação a audiência, em todo ano de 2019, até o momento foi o menor índice.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Lava Jato Sergio Moro

Ratinho perdeu a vice-liderança na última noite, e a Rede Record assumiu o segundo lugar com a exibição do reality Power Couple Brasil, enquanto a Globo liderou com o jogo do Brasil e Venezuela.

Novas conversas de Moro e Dallagnol

A entrevista com Ministro foi gravada na segunda-feira (17), e foi transmitida ontem à noite. Algumas horas antes, o site The Intercept Brasil divulgou mais um fragmento das conversas entre Moro e Dallagnol.

O novo trecho fala a respeito de inquérito relacionado ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

No trecho publicado pelo site, Sérgio Moro fala ao procurador Deltan Dallagnol que discorda das investigações sobre o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso pela Lava Jato. Já que ele considera questionável o inquérito, e, nas palavras de Moro, "melindra alguém cujo apoio é importante." Dallagnol declarou também na conversa que talvez a investigação com FHC era apenas para criar uma percepção de imparcialidade da força-tarefa.

Reportagem

Desde a publicação da série de reportagens onde revela conversas com ex-juiz Sérgio Moro e Dallagnol, o site The Intercept Brasil vem revelando toda semana novos trechos de conversas, e causando uma discussão sobre a imparcialidade do então juiz e dos procuradores envolvidos na Operação Lava Jato. O caso também chama atenção por conta dos vazamentos, que chegaram às mãos do jornalista norte-americano Glenn Greenwald .

Contudo, a imagem do ex-juiz ficou comprometida diante dos vazamentos divulgados. Por meio de nota, o ministro classificou que a matéria divulgada pelo site seria mero sensacionalismo. Esta semana, a propósito, Moro deve ir ao Senado para se defender e esclarecer os fatos relatados na reportagem.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo