Instantes depois de dar à luz, uma Mulher foi presa acusado de tráfico de drogas e está sob custódia no hospital. O caso aconteceu nesta quarta-feira (26), na Vila Cruzeiro, na Penha, Zona Norte do Rio de Janeiro.

Roberta Santos Viana havia entrado em trabalho de parto e vizinhos chamaram a Polícia para prestar ajuda. Sem tempo para poder chegar ao hospital, os PMs decidiram fazer ali mesmo prestar os primeiros socorros e realizar o parto da mulher, que deu à luz a um menino.

Em seguida, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), foi chamado e encaminhou Roberta para o Hospital Federal de Bonsucesso, onde ao dar entrada ela teve que fornecer seu nome completo.

Foi então que os policiais descobriram que havia um mandado de prisão expedido contra ela por tráfico de drogas.

Após mãe e filho se estabilizarem, os policiais deram voz de prisão à Roberta, que segue no hospital sob custódia. Tanto ela quanto o filho passam bem. Antes da prisão uma foto dela com os policiais circulou nas redes sociais.

Caminhão tomba e mata policial

Na manhã desta quinta-feira (27), um caminhão carregado de frutas tombou em cima de um carro na Avenida Brasil, no Rio de Janeiro. O veículo atingido ficou tão destruído que em um primeiro momento sequer foi possível identificar o modelo do carro. O acidente aconteceu no sentido Santa Cruz, nas proximidades do Ceasa e provocou um grande congestionamento na região.

A vítima fatal foi identificada como sendo Danter Rodrigues Barreto Cabral, que era o motorista do veículo e estava sozinho e a caminho do trabalho.

Ele tinha 38 anos, era policial militar e deixa mulher e um filho. Duas faixas da pista central da avenida ficaram totalmente interditada por conta do acidente.

De acordo com informações do repórter Ginílson Araújo, da Rede Globo, que sobrevoou o local do acidente, o motorista do caminhão trafegava pela pista lateral de subida da Avenida Brasil com o objetivo de pegar o retorno para acessar o Ceasa.

Ele perdeu o controle, subiu em cima do canteiro, atravessou a pista lateral, atingiu o veículo e tombou. Motorista não teve seu nome revelado e ainda não se sabe qual é seu estado de saúde ou se haviam outras pessoas junto com ele no caminhão.

Dono do autoriza moradores a levarem a carga

Por se tratar de uma carta altamente perecível, o dono do caminhão autorizou que moradores da região recolhessem as mercadorias.

Antes, os policiais fizeram a proteção para evitar saques, uma vez que uma grande aglomeração de pessoas vindas das comunidades próximas começava a se formar ao redor do caminhão acidentado. Um homem que estava próximo da cabine chegou a ser abordado pelos policiais.

Siga a página Polícia
Seguir
Siga a página Mulher
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!