Na tarde desta terça-feira (11), a Polícia encontrou o veículo que pode ter sido usado pelo comerciante Paulo Cupertino Matias na fuga, logo após o assassinato a tiros do ator Rafael Miguel e de seus pais, no último domingo (9).

O Volkswagen Up vermelho foi localizado por volta das 16h, na rua Batista Maciel, zona sul de São Paulo, há 21 quilômetros do local onde aconteceu o crime. De acordo com com a policia, o veículo é clonado. O comerciante possui passagem pela polícia e já foi condenado por roubo na década de 1990, chegando a ficar detido por algum tempo.

Câmera registra vítima caindo após ser baleada

Imagens de uma câmera de segurança instalada em um imóvel registrou os momentos após o crime que vitimou o ator Rafael Miguel e seus pais na tarde do último domingo (9), na zona sul de São Paulo. O suspeito de ser o autor do crime segue foragido e está sendo procurado pela polícia. As imagens mostram uma das vítimas, a qual não é possível saber quem é, caindo logo após ser baleada.

Ela cai no asfalto e rola até o meio da rua. Na calçada oposta é possível ver uma mulher correndo. Em seguida, um motociclista diminuiu a velocidade ao passar ao lado do corpo. Posteriormente, outra imagem, mais nítida, mas feita de uma distância maior, mostra a polícia já tendo isolado o local e cobrindo o corpo com um cobertor térmico. A polícia está analisando as imagens.

Além do ator de 22 anos, também morreram sua mãe, Miriam Selma Miguel, de 50 anos, e seu pai, João Alcisio Miguel, de 52.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

O comerciante João Alcisio Miguel, de 52 anos, pai da namorada do ator e que não aceitava o relacionamento dos jovens, é apontado como o autor da chacina.

Mãe de Isabela diz que marido é violento

Vanessa Tibcherani, de 39 anos, esposa do comerciante Paulo Cupertino Matias, prestou depoimento à polícia nesta segunda-feira (10). Ela disse que seu marido é um homem violento e "pavio curto". Ela também destacou que vive com ele há 21 anos e que as agressões contra ela eram costumeiras.

Ele também tinha o hábito de bater em Isabela e no filho mais novo do casal, de 13 anos.

Durante o depoimento, Vanessa contou que Paulo chegou em casa no domingo cedo procurando pela filha, que já havia saído. A mulher chegou a ligar para a filha, mas a chamada não foi atendida. Logo depois, ela recebeu uma ligação da mãe do ator, dizendo que eles estavam indo até lá para conversar.

Ao notar a chegada da filha, Paulo foi até o portão e puxou a jovem pelo braço, ordenando que ela entrasse.

Em seguida ele questionou o ator por não ter falado com ele antes, sacou a arma e atirou no jovem e em seus pais. Na sequência, ele fugiu em seu carro. Tanto Vanessa quanto a filha ainda tentaram socorrer as vítimas, que morreram no local.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo