Durante uma festa que estava sendo realizada em Seta Barras, no interior de São Paulo, Vanderléia Inácio dos Santos, de 25 anos, acabou sendo morta a tiros. O crime aconteceu na frente dos filhos da vítima durante uma festa junina que acontecia no local. Devido a uma discussão iniciada no local por causa de um bolo preparado pela vítima, um homem acabou disparando contra a Mulher e a matando. O suspeito de cometer o crime, é um homem e 47 anos de idade, ele atirou contra a mulher em decorrência da discussão que foi iniciada por causa de um pedaço de bolo.

O cunhado da vítima, Nelson Gonçalves, de 46 anos, foi quem relatou a respeito dos momentos que antecederam o crime e sua motivação. Segundo ele, a discussão havia se iniciado logo após Vanderléia ter oferecido um pedaço de bolo para a mulher do acusado de sua morte. Este fato aconteceu durante a festa junina que estava sendo realizada no bairro Onça Parda, onde ela mora com a família. O caso ocorreu no último sábado (15).

Discussão por conta de um bolo

A discussão se iniciou após a oferta do bolo, pois o homem havia achado ruim o pedaço dado por Vanderléia à sua esposa, e começou a fazer críticas. O homem falava para a esposa não comer o pedaço de bolo que havia ganhado pois estava ruim, e que ele compraria para ela algo muito melhor que o bolo ofertado. E este foi o motivo pela qual se iniciou uma discussão entre o homem e Vanderléia, que havia preparado o bolo que estava sendo criticado.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia Mulher

Durante a discussão, o homem acabou pegando um revólver. Logo seguida, ele se encaminhou em direção ao seu carro, saindo do local onde estava ocorrendo a festa. A mulher foi atrás do homem, e foi quando ele acabou atirando contra ela. O cunhado da mulher contou que o homem havia feito o primeiro disparo contra o peito da mulher, o segundo ele atingiu dentro da boca da vítima, e o terceiro disparo foi na testa.

Em seguida, o homem ainda pegou o corpo da vítima pelo braço e jogou em direção às pessoas presentes, e disparou palavras ofensivas a respeito.

Vanderléia acabou não resistindo aos ferimentos dos disparos e morreu no local. A vítima tinha quatro filhos, entre eles uma menina de 6 anos, e outros três meninos de idades entre 8 anos e 10 meses. Os filhos mais velhos da mulher estavam no local e assistiram toda a cena da discussão até os disparos feitos contra ela.

O cunhado também contou que a menina de 6 anos ainda chegou a ver mais de perto, visto que havia corrido para próximo da mãe pouco antes dela ser baleada pela homem.

Após os disparos, o homem fugiu do local do assassinato, e foi se apresentar para a Polícia somente na última terça-feira (18). A família de Vanderléia se encontra no momento em revolta, pois o homem foi liberado pela polícia logo após se apresentar, inclusive pela porta da frente da delegacia.

A família pede que o homem agora responda pelo crime de feminicídio.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo