Suspeito de ter abusado da enteada de apenas seis anos na última quarta-feira (14), um homem de 25 anos está sendo procurado pela Polícia Civil de Guarujá, no litoral de São Paulo. Segundo a mãe da criança, antes de fugir ele culpou a jovem pelo crime.

De acordo com informações do Boletim de Ocorrência, o suspeito vive há cinco anos com a companheira, com a qual tem um filho de um ano e sete meses.

Ela também tem uma filha de seis anos, fruto de um relacionamento anterior, que foi a que sofreu a violência.

Ainda de acordo com o BO, no final da tarde de quarta-feira (14) a mulher se deitou para descasar. Ao se levantar, estranhou o silêncio dentro da casa e viu que o companheiro e a filha não estavam no quarto. Ao sair à procura deles ela foi até o quarto da criança.

Ao chegar no cômodo, a vendedora teria visto o suspeito com o órgão genital para fora da roupa e passando a mão na menina.

Furiosa, a mulher partiu para cima do rapaz, que se defendeu e ainda colocou a culpa na criança. “Ela é uma diaba. Você tem uma diaba em casa”, teria dito o acusado. Posteriormente, o homem pegou algumas roupas e fugiu, mas antes de sair teria dito que acabaria com a vida da mulher.

A polícia militar foi acionada e a menina relatou à mãe que tal situação já havia acontecido em outras duas ocasiões, quando eles ainda moravam em São Paulo.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

O caso foi registrado na Delegacia Sede da cidade como abuso de vulnerável, vias de fato e violência doméstica. A mulher foi orientada a encaminhar a filha ao Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).

Homem é preso após bater em viatura

Em outro caso policial ocorrido em Guarujá, um ajudante de pedreiro, de 58 anos, foi preso após bater em uma viatura da polícia na última quarta-feira.

O homem, que estava embriagado, pagou fiança no valor de R$ 1 mil e responderá pelo crime em liberdade.

De acordo com informações contidas no boletim de ocorrência, policiais faziam patrulhamento de rotina no Jardim Conceiçãozinha, quando colidiram com um carro na rua Antenor Pimentel, que vinha em sentido contrário. Os policiais que estavam na viatura e o motorista do outro veículo não se feriram.

Uma passageira que estava no carro precisou ser encaminhada para um hospital, onde ficou em observação e não corre o risco de morrer.

O homem, segundo os policiais, ignorou a sinalização de trânsito e após ser feito teste do bafômetro foi constatado a quantia de 0,72 miligramas de álcool por litro de ar. O caso foi registrado na delegacia da cidade como embriaguez ao volante, colisão e lesão corporal culposa na direção de veículo automotor.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo