Esta semana completou 15 dias que a estudante Mariana Bazza, de 19 anos, foi encontrada morta no interior de São Paulo. A jovem sumiu no último dia 24 de setembro, em Bariri, após sair da academia e aceitar ajuda de um homem para trocar o pneu do seu carro, que estaria furado. Ela entrou em uma chácara que ficava em frente a academia e desapareceu. Seu corpo foi encontrado um dia depois, com sinais de enforcamento, em um matagal de uma cidade vizinha.

O crime contra a jovem chocou o Brasil, além da população da cidade e de sua família.

Mariana era filha única, e sua mãe tem usado sua conta no Facebook para desabafar sobre a falta que a filha está fazendo em sua vida, além de comentar sobre a revolta que sente pelo homem ter tirado a vida de sua filha.

Na segunda-feira (7), Marlene Bazza postou fotos com a filha. A mulher desejou bom dia para a filha e disse que a cada dia que passa a sua saudade aumenta, e que a dor não acalenta. Marlene disse saber que a filha está bem, mas como mãe ela não consegue esquecer dela em nenhum momento e reforçou que queria que ela estivesse lá para lhe contar como havia sido o dia na academia e na faculdade.

Veja abaixo:

No dia de ontem, a mulher fez uma nova homenagem à filha, disse que estava completando 15 dias que estava sem ela e destacou que a saudade só aumentava. Marlene ressaltou que a dor da perda e a sua revolta só aumentam e que não entende porque aquele "monstro" fez isso com ela. A mãe de Mariana disse estar passando tanta coisa em sua cabeça e que seu coração estava sangrando de dor, afirmando que está muito difícil ficar sem a filha.

Marlene fala sobre a localização do corpo da filha

Em um post realizado nesta quarta (9), a mãe de Mariana disse que está muito difícil aceitar que ela partiu e que a dor só aumenta. A mulher desabafou dizendo que está difícil compreender o que aconteceu com a jovem e que lembra da mesma todos os dias.

Marlene relembra que hoje está completando 15 dias que o corpo da filha foi localizado e contou como foi esse momento.

Segundo Marlene, ela ficou sabendo que o corpo da filha havia sido localizado na cidade vizinha através da televisão. Ela falou que ninguém foi avisá-la sobre a localização do corpo e que sofreu um baque no coração quando viu a notícia.

A mãe da jovem disse que seu mundo desabou e que o homem não tinha o direito de ter tirado a vida da estudante. Marlene se mostrou revoltada ao falar que o bandido está na cadeia comendo e bebendo às nossas custas. A mulher disse que sente como se tivesse uma espada enfiada em seu coração. Ela sempre faz questão de dar bom dia para a filha, e dizer que eles a amam muito.

Confira o desabafo mais recente da mãe de Mariana Bazza abaixo.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!