Um homem de 20 anos foi preso suspeito de ter sido o mentor do assalto que terminou com a morte de sua mãe adotiva e deixou seu pai, também adotivo, gravemente ferido. O caso aconteceu na noite da última quinta-feira (9), em Canhotinho, no Agreste de Pernambuco.

Segundo informações passadas pela Polícia, Gabriel Martins Melo, que chegou a conceder entrevista chorando, disse para um parente que precisava recuperar seu aparelho celular que havia sido apreendido pela polícia, pois nele estavam informações dos homens que ele tinha contatado para praticar o assalto.

A polícia foi avisada e prendeu o suspeito. Segundo as autoridades, ele confessou o crime na delegacia e foi autuado em flagrante pelo crime de latrocínio. Já os três assaltantes ainda estão foragidos.

Entenda o caso

O suspeito havia entrado em contato com três homens para praticarem um assalto na casa dos pais adotivos. De acordo com o rapaz, o objetivo era dividir a quantia de R$ 10 mil que havia dentro da casa, sendo metade para ele e a outra metade para os comparsas. Ele já praticava pequenos furtos contra os familiares com o objetivo de pagar dívidas pessoais.

Inicialmente planejado para ocorrer na sexta, o trio decidiu antecipar o dia do assalto na noite de quinta-feira (9), e sem a presença de Gabriel e assim ficariam com todo o fruto do roubo para eles.

Durante a ação, os bandidos abordaram Mineia Silvania da Silva, de 47 anos, no momento que ela se preparava para abrir o portão de casa para o companheiro, o motorista de transporte alternativo Josenildo Martins de Melo, conhecido como Josa, de 49 anos.

A mulher foi a amarrada pelos criminosos, levou um tiro na cabeça e morreu no local. Já o homem foi atingido por dois tiros, mas sobreviveu. Ele está internado em estado grave no Hospital da Restauração, no Recife, onde já passou por cirurgia. Além do dinheiro, os criminosos também levaram um notebook e um aparelho celular.

Duplo homicídio

Dois homens foram mortos no Sítio Urubu, zona rural de São José do Belmonte, no Sertão de Pernambuco.

O crime aconteceu na tarde da última terça-feira (7), mas as informações a respeito do mesmo foram divulgadas apenas nesta sexta-feira (10).

Uma das vítimas morreu no local enquanto a outra chegou a ser socorrida e levada para um hospital da região, mas não resistiu aos ferimentos e também veio a óbito.

De acordo com informações passadas pela Polícia Civil, a dupla, acompanhada de outros dois elementos, que ainda não foram identificados, assaltaram um idoso de 76 anos, no Sítio Cacimba Nova.

Siga as suas paixões.
Fique atualizado.

Ainda na terça, a polícia foi acionada por conta de outro homicídio, que tem relação com o assalto ao idoso, ocorrido em um posto de combustíveis às margens da BR-232.

A delegacia de São José do Belmonte está encarregada de fazer a investigação do caso.

Não perca a nossa página no Facebook!