A pastora evangélica Lucimara Pires, de 34 anos, foi flagrada em uma gravação na qual aparece agredindo sua própria sogra, de 73 anos. No vídeo, é mostrado o momento que a pastora inicia as agressões contra a idosa. As imagens acabaram se espalhando pelas redes sociais nos últimos dias devido o teor das agressões cometidas pela Mulher. A situação toda aconteceu na cidade de Nova Andradina, no Mato Grosso do Sul.

O caso foi registrado na Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Nova Andradina.

As autoridades do local afirmaram que o vídeo em que a pastora aparece cometendo os atos contra a idosa foi feito por uma das netas da senhora que aparece recebendo as agressões de Lucimara Pires.

A neta também foi a responsável por registrar o boletim de ocorrência da agressão sofrida pela avó, que aconteceu no último sábado (18). Ela também registrou todo o momento para comprovar quando fosse registrado o boletim de ocorrência contra a pastora.

Versão de Lucimara

Após toda a repercussão das agressões registradas, Lucimara declarou que a briga foi apenas um “pequeno incidente”.

Ela inclusive chegou a culpar a idosa pela situação, e por ter dado início à discussão que ocasionou o episódio de agressão.

A pastora declarou que havia sido xingada e agredida pela sogra, a princípio, e que ela acabou tendo uma lesão na boca diante disso. No vídeo que foi gravado pela neta da idosa, em que ela aparece deferindo agressões, Lucimara afirma que ela havia só se defendido do que a própria sogra havia provocado antes.

Na versão que foi contada pela religiosa, ela alegou que a gravação não foi feita pela neta da idosa, e sim pelo seu marido, contrariando a versão da idosa.

Lucimara alegou que a idosa, que é mãe de seu marido, é transtornada e costuma apresentar um comportamento descontrolado e anormal. Ela conta que a idosa havia a agredido sem motivo algum, e que a insultou no momento em que a agredia. Devido a isso, a pastora conta que precisou intervir e responder sem qualquer violência.

Ela ainda ressalta que não houve qualquer tipo de agressão física de sua parte contra a idosa. A pastora deu a sua versão durante uma entrevista à imprensa local.

As imagens foram amplamente divulgadas através das redes sociais, e o vídeo acabou viralizando devido a situação. Em uma publicação feita no Twitter, uma pessoa chegou a falar detalhes da agressão, ressaltando que se tratava de uma pastora no vídeo, agredindo uma idosa. As imagens foram classificadas como sendo revoltantes. As pessoas nas redes sociais se mostraram indignadas com fato.

Siga a página Polícia
Seguir
Siga a página Mulher
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!