Rui Chaves, de 60 anos, famoso locutor da Rádio Itatiaia, morreu na última segunda-feira (20), em Belo Horizonte. Por coincidência, o radialista morreu no mesmo dia em que a rádio completou 68 anos. Chaves era conhecido por sua voz marcante, que se tornou uma das mais importantes na rádio em que trabalhava. Chaves morreu em decorrência de um infarto fulminante que sofreu em uma estação de metrô da capital.

O corpo do radialista está sendo velado desde às 9h, desta terça-feira (21), na funerária Santa Casa, que fica localizada no bairro Santa Efigênia, Região Centro-Sul de Belo Horizonte.

O locutor deixa mulher, três filhas e uma neta.

Problemas de saúde

Em agosto de 2019, Rui Chaves ficou internado por algum tempo devido a problemas de Saúde. Depois disso, o locutor optou por mudar toda a sua rotina diária. No dia 25 de novembro, Rui realizou um post em suas redes sociais dizendo que aquele dia foi mais um dia legal e sua meta havia sido alcançada. “Tudo de bom pra todo mundo”, escreveu ele, que finalizou desejando “saúde e paz”. A publicação foi realizada depois que o radialista caminhou por cerca de sete quilômetros.

Rádio noticia morte de Rui Chaves

Através de seu site oficial, a Rádio Itatiaia comunicou aos internautas sobre a morte do locutor. Por meio do comunicado, a rádio ressalta que Rui foi a voz da rádio por quase trinta anos na “ancoragem, noticiários e locuções”. Além disso, o comunicado também diz que Chaves foi um mestre e professor de sua profissão, sempre ensinando-os e moldando-os. “Aos que hoje acreditamos ser o nosso melhor”, terminaram.

Prefeito morre e ‘inaugura’ cemitério

Neste final de semana moradores da pequena cidade de Bonito de Minas, de 11,2 mil habitantes, acompanharam emocionados o sepultamento de José Pedro Pires da Rocha, do PSB, atual prefeito do município. Zé Galego, como era conhecido na região, tinha 64 anos, e o corpo dele foi o primeiro a ser enterrado na parte que foi ampliada do cemitério municipal de Bonito de Minas.

O “novo cemitério”, como anda sendo chamada a ampliação, foi construído durante a própria gestão de Zé Galego, que acabou inaugurando o local. Entretanto, as obras do local ainda não acabaram, já que estão em fase de acabamento.

José foi eleito como vice-prefeito do município em 2016. Contudo, acabou assumindo o cargo de prefeito depois que o então titular, José Reis, do PHS, se afastou do cargo para se candidatar a deputado estadual, e acabou sendo eleito com 45.746 votos.

Zé Galego morreu na última sexta-feira (17), enquanto viajava sozinho e acabou sentindo uma dor no peito. O prefeito ainda chegou a procurar o hospital de Planaltino (GO), mas no local acabou sofrendo um infarto.

A equipe médica ainda tentou reanimar o político, mas sem sucesso.

Siga a página Saúde
Seguir
Siga a página Música
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!