O presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, polemizou em uma nova atitude nesta quarta-feira (4), aonde decidiu levar um humorista fantasiado para conversar com a mídia, entregando bananas para os jornalistas e repórteres que estavam no local com o intuito de cobrirem os acontecimentos ocorridos no Palácio da Alvorada, aonde o político reside. O encarregado para realizar tudo isso foi o humorista Márvio Lúcio dos Santos Lourenço, ex-contratado do programa "Pânico da Band", que ficou conhecido ao redor de todo o Brasil pelo apelido de Carioca.

O acontecimento realizado no Alvorada ocorreu após o humorista sair de um carro da comitiva da Presidência da República, estando com as vestimentas de presidente, com direito a uma faixa presidencial e terno. Carioca trouxe caixas de bananas para aqueles que estavam cobrindo os acontecimentos no local, oferecendo para os repórteres.

Após o feito, Jair Bolsonaro apareceu para os jornalistas, mostrando achar graça do acontecimento. O sósia ainda tocou uma corneta, divertindo o eleitorado do político.

Tanto Carioca quanto Bolsonaro se mostraram contentes, conversando com aqueles que estavam no local e dando gargalhadas com toda a situação.

No entanto, ao ser indagado com perguntas, Bolsonaro decidiu não responder os jornalistas.

Carioca, na última semana, surpreendeu seus fãs ao anunciar seu contrato com a emissora Record. O ator irá fazer apresentações no programa denominado “Domingo Espetacular”, aonde participará imitando diversos Famosos brasileiros.

O polêmico acontecimento que ocorreu nesta quarta-feira (4), foi para a gravação de conteúdos para seu quadro que irá ao ar todas as semanas. Tanto o humorista quanto o cinegrafista estavam dentro da área restrita apenas para o presidente da República e seus contatados.

Defensor

Márvio Lúcio não poupa palavras quando é indagado sobre o Governo, se mostrando um defensor da gestão de Jair Bolsonaro. Quando Regina Duarte foi convidada para ser a secretária Especial da Cultura, o humorista foi até suas redes sociais para defender o convite exposto para a atriz.

Uma coincidência foi apontada pelo público, pois as farpas de Carioca ocorreram no mesmo dia que Regina assumirá seu novo cargo.

Quando o convite de Bolsonaro para Regina Duarte foi exposto ao público, Márvio Lúcio deixou transparecer todo seu carinho com o governo, dizendo que a ex-contratada de Rede Globo poderia contar com ele para qualquer coisa e dizendo para ela não se abalar com as incessantes críticas da mídia e dos internautas contra o governo. Em sua publicação, ele afirmou que o que estavam fazendo com Regina era algo digno de pena, intitulando aqueles que proferiam as críticas como pessoas preconceituosas e fascistas.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Fofocas
Seguir
Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!